Metas de BI em RH: quais indicadores devo usar?

Empresários e gestores já se convenceram da importância de tomar decisões baseadas em dados. Isso porque é necessário ser o mais exato possível nas decisões para ganhar diferenciais competitivos no mercado, e o Business Intelligence (BI) vem sendo implantado nas empresas com a missão de coletar e ordenar dados referentes a vários processos da organização. Nesse sentido, as metas de BI em RH são, cada vez mais, necessárias para o sucesso da organização.

Para embasar as decisões, as informações são coletadas, interpretadas e transformadas em ideias para amplos cenários relacionados ao negócio, entre eles o aperfeiçoamento do processo de vendas, o desenvolvimento de produto, a otimização dos gastos em marketing e a otimização dos processos seletivos.

Neste post, você vai conhecer mais sobre metas de BI em RH e saber como tecnologias no RH podem ajudar a ter uma gestão mais eficiente.

Mas afinal, o que é Business Intelligence?

A gestão de RH vem de um histórico pautado na tomada de decisões subjetivas, ou seja, a intuição era usada para direcionar processos e pessoas. Com o uso da tecnologia, essas decisões passaram a ser baseadas em dados, por meio de ferramentas que auxiliam na aquisição de talentos, para que o processo seja cada vez mais eficiente.

No momento em que o uso de dados entra na realidade das empresas é que surge o Business Intelligence. A definição desse termo é bastante amplo e surgiu na década de 90, com base em comportamentos das pessoas e funções cognitivas do cérebro humano.

A lógica é a seguinte: o cérebro humano recolhe várias informações a todo momento. Após isso, esses dados passam por um processamento e são transformados em algo que tenha significado e que possa ser aplicado. O Business Intelligence funciona basicamente dessa forma, caracterizando-se como o processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de uma série de dados relacionados a uma empresa, da mesma forma como o cérebro humano atua.

Nesse contexto, as informações coletadas são transformadas em algo que pode ser aplicado na gestão empresarial, facilitando as tomadas de decisões e até mesmo tornam possível que a gestão proponha alterações nos processos a fim de que eles se tornem mais eficientes.

Assim, o Business Intelligence é, em seu termo amplo, uma inteligência de negócios. Os dados brutos são transformados em informações úteis para a empresa e, a partir disso, uma estratégia pode ser desenvolvida com objetivo de integrar todos os setores da organização.

Como o uso de dados pode ser um fator de diferenciação para o RH?

Com as análises mais completas sobre os indicadores de gestão, você pode se valer dessas importantes ferramentas para poder entender mais sobre a própria empresa, seu público de relacionamento e o mercado.

Como o BI é uma prática bem ampla, ele pode ser segmentado em processos específicos, e um desses segmentos é chamado de People Analytics. Com essa ferramenta, os dados são coletados para a análise; no entanto, o foco dele é a geração de valor do capital humano no contexto empresarial. Assim, é uma aplicação prática do Business Intelligence diretamente no setor de Recursos Humanos.

Onde aplicar as metas de BI em RH?

Quando voltamos nosso olhar para as pessoas dentro de uma empresa e percebemos como esses profissionais podem se transformar em capital humano, devemos procurar enxergar certas questões, primordiais para que um RH seja bem-sucedido e, consequentemente, compreender como o BI é aplicado em cada uma dessas questões.

Veja a seguir como as metas de BI em RH podem ser aplicadas no dia a dia da gestão de pessoas!

Retenção de talentos

Os altos índices de turnover são a preocupação de muitas empresas, e entender como reter pessoas é primordial para uma gestão de RH de sucesso. Para que isso aconteça, o primeiro passo é compreender o que motiva os colaboradores a irem embora para depois pensar nas soluções para mantê-los. É nesse estágio que entra o BI.

Muitas ferramentas de BI são capazes de gerar relatórios sobre os funcionários de forma constante. A partir desses relatórios, você pode fazer diversas análises e começar estudos para entender a razão da dificuldade em reter talentos.

Indicadores de engajamento

A produtividade dos colaboradores está diretamente ligada ao envolvimento e comprometimento deles. Por isso, o engajamento é uma métrica muito valorizada pelas empresas, sendo uma responsabilidade do setor de gestão de pessoas.

Para mensurar o nível de engajamento dos funcionários, são feitas pesquisas, exames e avaliações. A utilização de ferramentas de BI para mensurar esse indicador é uma grande tendência, pois, além de medir os níveis de engajamento, essas ferramentas auxiliam no próprio gerenciamento das carreiras dos funcionários.

Indicadores de recrutamento e seleção

Compreender como você encontra seus candidatos é o caminho para promover maior eficiência nos processos seletivos e ainda reduzir o tempo de procura por colaboradores com o perfil ideal para as vagas em aberto.

Por meio do BI, é possível encontrar indicadores de RH que são capazes de identificar canais e estratégias mais eficientes de contratação. Dessa forma, pode-se aumentar a qualidade do trabalho e impactar diretamente a eficiência da organização.

Indicadores de liderança

Toda organização de sucesso precisa de uma liderança estratégica e que entregue os melhores resultados. Dessa forma, os indicadores de RH relativos à análise de liderança organizacional são muito importantes para o sucesso da empresa como um todo.

Entender como está o desempenho da liderança é fundamental para economizar tempo, dinheiro e ainda assegurar que as equipes estão sob o comando de pessoas capazes de levar a organização rumo a seus objetivos.

Clima organizacional

O indicador de clima organizacional está entre os mais importantes para o setor de RH. Isso porque a produtividade dos funcionários está diretamente relacionada à sua satisfação com o local onde trabalham.

Essa métrica de BI é feita por meio de aplicação de pesquisas, quando os colaboradores são questionados sobre seus pontos de vista relacionados a aspectos sobre comunicação interna, liderança, infraestrutura, perspectivas de futuro, ambiente de trabalho, entre outros.

Essas são algumas das métricas que podem ser aplicadas em metas de BI em RH para reforçar as tomadas de decisões e ajudar o setor de RH a ser mais estratégico dentro das empresas. O esforço para a implantação de BI é importante para elevar a produtividade da empresa e fortalecê-la em seu mercado de atuação.

Se você gostou deste post sobre metas de BI em RH: quais indicadores devo usar, assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment