Inteligência Artificial e recrutamento e seleção: tecnologia em prol dos Recursos Humanos

A gestão de recursos humanos evoluiu muito nos últimos anos. Hoje, há uma série de ferramentas digitais que podem facilitar ou até automatizar os processos de gestão de pessoas. Nesse artigo, vamos focar na Inteligência Artificial e recrutamento e seleção.

Muitas pessoas ainda não enxergam o potencial da Inteligência Artificial (IA), mas a verdade é que a IA assume uma quantidade cada vez maior de tarefas no RH. Faz a triagem de currículos e até a análise de emoções por entrevista em vídeo, por exemplo.

Nos próximos tópicos, vamos explicar como funciona o processo de recrutamento e seleção, como a IA pode ser usada e quais seus impactos à empresa. Acompanhe!

Como funciona um processo de recrutamento e seleção?

O processo de recrutamento e seleção tem um objetivo: contratar o profissional ideal para a vaga de trabalho. Mas essa não é uma tarefa fácil. No Brasil, 61% dos especialistas de RH encontram dificuldades na hora de contratar mão de obra, aponta estudo.

Então, é preciso ter um processo bem estruturado. Tudo começa no recrutamento, etapa na qual a vaga de trabalho é veiculada pela internet. Em seguida, após o recebimento dos currículos, é feita a triagem inicial e a seleção dos maiores talentos.

Ao longo de todo esse processo, deve-se pensar e agir de forma estratégica. Criar uma marca empregadora pode ser um bom começo, mas não basta. Também é necessário apostar no melhor da tecnologia, em ferramentas dotadas de Inteligência Artificial.

Ao entrevistar 10 mil líderes, a Deloitte descobriu que 33% deles usam algum tipo de IA para fornecer soluções de RH. Não por acaso, a IA pode tornar os processos de gestão mais ágeis, enxutos e acertados, o que será visto adiante.

Como aplicar a Inteligência Artificial no recrutamento e na seleção?

Como dito, a IA não está tão distante. Muitas empresas já contam com suas soluções, algumas vezes até sem perceber. Nos próximos parágrafos, vamos explicar como funciona.

O mais comum é o uso da IA na triagem de currículos. Ao abrir uma vaga, o RH recebe uma enorme quantidade de currículos e não é producente analisá-los um a um. A IA pode fazer a triagem dos melhores currículos, segundo competências predefinidas.

Nesse caso, a IA reconhece os currículos que têm determinada habilidade, depois elimina os que não têm.

Outra aplicação é na forma de chatbot. Nesse caso, o robô inteligente conversa com o profissional que quer submeter sua candidatura à seleção, eliminando as principais dúvidas existentes. Assim, há uma menor necessidade de interação com o RH.

Os bots também fazem o agendamento de entrevistas. Os profissionais de RH perdem um tempo nessa tarefa, pois precisam ligar para os candidatos e acertar o horário. Os robôs fazem o agendamento automático, sem demandar a ação do selecionador.

Por fim, uma das ações mais relevantes é o reconhecimento de emoções na entrevista por vídeo. Ao cruzar a feição do candidato com um banco próprio de dados, a IA pode dizer se o candidato estava feliz, triste ou duvidoso ao longo da entrevista.

Essas aplicações permitem que o líder de RH perca menos tempo com o que é manual e repetitivo, depois foque mais no que é estratégico e essencial à aquisição de talentos.

Como funciona a análise de emoções na entrevista por vídeo?

Por vários motivos, a entrevista por vídeo é uma ferramenta cada vez mais usada. Ele agrega flexibilidade ao expediente e produtividade do gestor de pessoas, além de gerar conforto aos candidatos (que não precisam sair de casa para realizar a entrevista).

O sistema de entrevista por vídeo também conta com a transcrição da entrevista para texto, o que facilita a leitura e a pesquisa de informações sobre o candidato.

Mas, afinal, como funciona a análise de emoções? É por meio do processo de reconhecimento facial, já usado por empresas como Microsoft e Amazon. Um sistema é arquitetado para ler um rosto e traduzir sua expressão, com alta taxa de acerto.

Ao longo da entrevista, as expressões do candidato são captadas, segundo por segundo, e cruzadas com um banco de dados consolidado (que tem variações de expressões faciais). Depois, o sistema retorna informando qual é a emoção de determinado momento, como susto, tristeza e alegria.

Então, enquanto o gestor assiste o vídeo, pode ver as diferentes emoções do candidato à vaga. Depois, também pode avaliar o resultado final: quanto tempo o profissional ficou em dúvida, feliz ou neutro, por exemplo. Assim, é possível agir com mais acerto.

Quais os impactos para a empresa?

A integração de tecnologias de ponta à gestão de pessoas resulta em uma série de impactos positivos ao RH e ao empreendimento. A seguir, vamos falar dos principais.

Maior acerto na tomada de decisões

O gestor de pessoas toma uma série de decisões ao longo do expediente, como quem contratar e desligar da empresa. No primeiro caso, a contratação mais cara é a errada. Por causa disso, no recrutamento e seleção, não há muita margem para erros.

A IA ajuda a triar os melhores currículos e identificar a emoção dos profissionais, permitindo que o gestor tenha uma visão mais completa e acertada do candidato. Assim, no final das contas, poderá garantir a contratação de bons talentos.

Maior foco nas tarefas estratégicas

O RH não é um setor à parte, responsável por questões burocráticas e de pouco impacto na estratégia da empresa. Atualmente, o gestor de pessoas conduz uma série de atividades cruciais ao sucesso do negócio, mas ainda fica preso à burocracia.

A IA ajuda a mudar isso, pois pode assumir as tarefas repetitivas e operacionais, deixando o gestor livre para cuidar do que é estratégico. Isso gera vantagens ao setor — que obtém ótimos resultados — e, consequentemente, à própria organização.

Modernização do setor de RH

Por fim, há a modernização do setor de RH. Deixar de investir em modernas tecnologias, como a IA, pode ser um grande problema e afetar a aquisição de talentos. Logo, será mais difícil contar com gente talentosa e criar boas equipes.

Como é possível observar, a Inteligência Artificial e recrutamento e seleção devem andar juntos, lado a lado. Com a IA, o RH pode ser focar no que realmente importa, tomar as melhores decisões e modernizar toda a empresa. Felizmente, a IA está cada vez mais presente nas organizações, gerando vantagens ao RH e aos candidatos.

Nosso artigo foi informativo para você? Gostaria de saber mais detalhes sobre o software de entrevista por vídeo? Então, conheça todas as funcionalidades do Compleo Vídeo e otimize todas as etapas do recrutamento e seleção da sua empresa! 


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment