Entenda quais são as vantagens da gestão por competência

Cada profissional tem suas próprias qualificações e habilidades — são esses fatores que o capacitam a lidar com demandas específicas. A fim de otimizar o trabalho dos funcionários, a gestão por competência trabalha nessas particularidades. Lidar com cada pessoa e suas qualidades pode ser uma forma eficiente de tratar os colaboradores.

Um modelo que foque no que cada um tem a oferecer é importante para que o máximo dos funcionários seja explorado. Isso também os ajuda a aplicar suas habilidades na rotina de trabalho, além de dar suporte para que sejam devidamente alocados na empresa.

Neste post, você entenderá melhor do que se trata a gestão por competência e qual é seu objetivo dentro de uma empresa. Continue a leitura para saber quis são seus benefícios e como aplicar o modelo!

Em que consiste a gestão por competência?

A gestão por competência é uma prática de Recursos Humanos focada na identificação, na análise, no desenvolvimento e no gerenciamento de pessoas segundo suas habilidades. Uma empresa é composta por uma pluralidade de colaboradores e suas qualificações específicas, sejam as buscadas, sejam aquelas que já são traços de suas subjetividades.

Diante disso, o RH precisa saber como gerenciar tantas diferenças e, acima de tudo, aproveitar o melhor de cada característica que um colaborador tem. É papel do setor ajudar a desenvolver cada pessoa da companhia, o que pode ser feito de modo mais estratégico graças à gestão por competência.

Sendo assim, o trabalho do RH se inicia com uma profunda análise, a fim de entender o que cada funcionário tem como ponto forte. A partir disso, uma categorização é feita, ou seja, uma espécie de base de dados com um aprofundamento de cada colaborador.

O objetivo por trás dessa gestão

A proposta central da gestão por competência é justamente aproveitar da melhor forma aquilo que o colaborador tem a oferecer à empresa. Isso pode resultar em realocações e novos cenários, dependendo da situação atual da companhia e do alinhamento com os gestores.

O RH tem papel importante na hora de recrutar novos talentos para a empresa, pois já faz um trabalho de identificar qualificações. Acontece que, com o passar do tempo, habilidades podem ser desenvolvidas, sejam elas pessoais, sejam técnicas.

Outro ponto importante é o papel do RH no desenvolvimento e no estímulo da melhoria dessas características. Trata-se de um trabalho estratégico, que pode ser considerado uma preparação para que cada vez mais funcionários ocupem posições adequadas ao que podem oferecer ao negócio.

Quais são as vantagens desse modelo de gestão?

A gestão por competência pode ter um papel decisivo até mesmo nos rumos que a empresa toma, afinal a ideia é desenvolver ainda mais cada colaborador e alocá-lo da melhor forma. O crescimento do negócio é apenas uma consequência positiva em meio a outros benefícios. Confira os principais a seguir!

Melhores tomadas de decisões

Uma empresa que tem estratégias bem definidas depende diretamente de tomadas de decisões para ser direcionada da melhor forma. Mas, para que esses caminhos fiquem mais claros aos gestores, é preciso de desempenho operacional. Colaboradores bem alocados e aplicando suas habilidades trazem resultados sólidos!

A tomada de decisão só se apresenta com clareza ao gestor quando ele tem uma base sólida (que, atualmente, é composta por dados). Para qualificar esse material, é importante que os funcionários ocupem posições nas quais estejam prontos. A capacidade analítica e as ações estratégicas vão mostrar um horizonte mais claro ao gestor.

Mais motivação e engajamento por parte da equipe

Um funcionário que não explora ao máximo suas capacidades pode se sentir desanimado. Isso acontece nos cenários abaixo:

  • ocupar uma posição em que não se tem as qualificações necessárias;
  • estar em um setor que não favorece o desenvolvimento;
  • ser subaproveitado em uma rotina que não exige muito;
  • não conseguir aplicar suas qualificações na rotina de trabalho.

A má gestão das competências dos funcionários pode até mesmo implicar no aumento da taxa de turnover em uma empresa. Muitas vezes, a falta de engajamento e motivação decorrem de um aproveitamento inadequado. Este é um cenário desgastante, capaz de fazer com que o colaborador migre para outra empresa.

Comunicação eficiente entre funcionários e companhia

Manter um diálogo alinhado é importante para que os feedbacks periódicos sejam realmente fiéis ao que acontece. O colaborador precisa perceber que há um canal de confiança entre ele e a empresa, em um caminho que é traçado pelo RH. Sentir-se valorizado e aproveitado da melhor forma é o início de uma relação de confiança, que traz resultados concretos.

Quando o RH se preocupa com a gestão por competência, o caminho natural é de funcionários prontos para aplicar o que sabem na rotina. Isso traz satisfação e abre caminho para uma troca de informações mais sincera. O RH precisa dessa abertura para gerir seus talentos e continuar desenvolvendo cada um deles.

Alocação estratégica de colaboradores

Se você tem alto poder de comunicação, lida bem com outras pessoas e conhece muito sobre as tendências do mercado, por que está ocupando uma posição no financeiro? Por mais que pareça estranho, é realmente comum vermos colaboradores em situações similares. Nem sempre a formação acadêmica vai definir o que aquela pessoa realmente tem a oferecer.

Diplomas não podem ser rótulos, afinal o que se espera de um funcionário é evolução. Uma das missões da gestão por competências é a alocação adequada de pessoas. Isso significa que, diante das análises, a ideia é direcionar o funcionário para ocupar funções nas quais terão maior desempenho, sucesso e engajamento.

Como implantar esse mecanismo?

Agora que você já viu as vantagens da gestão por competência, certamente compreendeu como ela pode ajudar sua empresa. O processo de implementação não é tão complexo — o fluxo de análise e adequações de mensuração se desenvolve nas seguintes etapas:

  • liste as competências essenciais;
  • alinhe essas competências aos cargos;
  • treine e desenvolva pessoas;
  • aloque colaboradores da maneira certa;
  • mensure os resultados das mudanças.

A gestão por competência pode ser muito valiosa para ter colaboradores mais engajados, uma companhia em pleno desenvolvimento e um ambiente de trabalho melhor! Como resultado, os gestores podem aproveitar melhor os resultados e tomar decisões com maior segurança.

Agora que você já entendeu a importância da gestão por competência, que tal descobrir como a tecnologia influencia os processos seletivos?

Gestão de RHPowered by Rock Convert

About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment