Como o RH pode ajudar sua governança de dados?

A governança de dados é um modelo de gestão que reflete o avanço da tecnologia e como ela impactou na produtividade das empresas. As fontes de informações relevantes estão em todo lugar: nos documentos da companhia, nos softwares que utiliza, nas planilhas e registros, nas redes sociais e em muitas outras origens.

Tanta informação precisa ser captada, gerida e utilizada em função da empresa. Nesse processo, o RH da empresa é decisivo: ele pode aproveitar essas informações captadas, enquanto também pode oferecer dados relevantes internos a outros setores da empresa.

Neste post, você entenderá mais sobre esse método e como o setor de RH tem papel fundamental no trabalho com os dados. Confira!

O conceito de governança de dados e sua importância

A governança de dados é um modelo de gestão em que a empresa coloca as informações que gera como centro da tomada de decisões. Todas as atividades exercidas pelo negócio geram registros, e eles ajudam a entender melhor o mercado, o funcionamento da empresa, as tendências de consumo e os clientes.

Nesse modelo de administração, os dados são captados das diferentes fontes, gerenciados para uma consulta otimizada e utilizados em análises estratégicas. A proposta é utilizar essas informações para ter percepções certeiras sobre o negócio. Dessa forma, a gestão é baseada nos dados que a empresa gera o todo tempo.

A importância estratégica desse modelo de gestão

Com informações concretas sobre a atuação da empresa, esses dados trazem um ganho estratégico. Ao analisá-los, gestores e colaboradores conseguem entender melhor o desempenho do negócio em vários setores, como atendimento, marketing, vendas, entre outros.

Essa percepção clara e com base em resultados ajuda no entendimento do que acontece no momento e do que pode ser feito no futuro. Assim, a empresa dá passos mais claros e toma as melhores decisões. A seguir, veja como a governança de dados pode ter grande importância estratégica em uma companhia.

Insights gerados

Dados são uma grande fonte de insights para todos os departamentos da empresa. Com comportamentos padrões e resultados específicos, é possível ter percepções bastante específicas.

Por exemplo, se há um grande número de abandono de carrinho em um e-commerce, fica mais fácil perceber que talvez o valor do frete esteja alto, ou que as formas de pagamento não agradam. Esse é um valioso insight!

Tomada de decisões certeiras

Talvez a principal vantagem de implementar a governança de dados seja a base para a tomada de decisões que ela proporciona. Se as informações são claras, naturalmente os gestores têm registros claros e que servem de apoio.

Os dados são de grande ajuda para traduzir de forma concreta a situação dos negócios, seja de forma geral, seja em questões específicas, como as vendas. Eles dão a certeza necessária para que o melhor caminho seja tomado.

Gestão otimizada

De modo geral, a gestão de uma empresa é otimizada graças à possibilidade de ter acesso a dados importantes a todo tempo. Quando eles são o centro da condução de uma empresa, o trabalho de análise é frequente. Desse modo, os gestores estão sempre em posição de vantagem, prontos para tomar as melhores decisões.

O importante papel do RH na governança de dados

Na gestão por dados, o RH tem papel de grande importância. Dentro de suas obrigações, os dados também trazem percepções relevantes relacionadas a desempenho, produtividade e alcance de metas.

O departamento pode fazer muita diferença tanto para si próprio quanto para a empresa, considerando sua estratégia de gestão. A seguir, entenda melhor com quais práticas o RH é capaz de ter grande influência positiva na governança de dados de um negócio.

Ajudar na coleta de dados

O RH tem um papel fundamental, assim como todos os outros departamentos: ajudar na coleta de dados relacionados às suas demandas. Como o setor é uma fonte importante, deve ter a preocupação de gerenciar essas informações da melhor forma, para então entregá-las a gestores.

Nesse trabalho, o RH pode entregar informações relevantes sobre candidatos a posições em aberto, para assim captar os melhores talentos. Outros dados essenciais estão relacionados aos funcionários da empresa. É fundamental registrar seus desempenhos e outras questões de interesse geral.

Registrar informações importantes

Para que as informações captadas sejam realmente relevantes, é preciso definir indicadores. O RH precisa captar dados de destaque, não só relacionados ao cumprimento de deveres direcionados aos colaboradores.

É necessário captar registros sobre a produtividade desses funcionários, o impacto que eles têm na empresa, com foco estratégico, além do comportamento deles diante das metas. Esses são dados estratégicos e que mostram o real valor do trabalho.

Definir e controlar as metas de produtividade

A gestão estratégica está totalmente ligada às metas. Para que elas sejam alcançadas, os colaboradores precisam ter papéis bem definidos nesse processo. Sendo assim, o RH tem grande influência no momento de definir essas obrigações.

É fundamental que o setor controle bem os dados relacionados ao desempenho dos colaboradores em relação a essas metas. Eles serão de extrema importância para que líderes e gestores saibam a influência de seus subordinados no trabalho estratégico da empresa.

A influência da tecnologia nesse modelo de gestão

A governança de dados depende diretamente de soluções tecnológicas que proporcionem o suporte à captação, tratamento e análise de informações. Os softwares de RH atuais têm essas funções como base. Eles cruzam dados de sua base com os informados em currículos e em fichas de inscrições de candidatos.

Esses sistemas reduzem o alto volume de captação de candidatos, fazendo um filtro estratégico. Sendo assim, somente dados que interessam são detectados, então a empresa só detecta candidatos que estejam dentro do perfil procurado, ou seja, possuem os requisitos.

Entre as principais vantagens de ter um software de RH se destacam:

  • compartilhamento automático de vagas na web;
  • captação de candidatos com o perfil procurado;
  • desenvolvimento de um banco de candidatos;
  • contato automatizado e eficaz, gerando produtividade;
  • desenvolvimento de questionários de triagem;
  • geração de testes para candidatos;
  • automatização das etapas de seleção.

O RH tem papel fundamental na governança de dados. As informações que gera e capta são de grande relevância estratégica, pois estão relacionadas à captação de melhores talentos e retenção dos que a empresa já tem. Além disso, o RH pode gerir dados que mostram como os colaboradores se desempenham diante das metas.

Gostou do texto? Aproveite e confira esse modelo de Ficha NPS para avaliação da satisfação do cliente!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment