Por que o setor de RH é tão importante nas empresas?

Qual é o bem mais valioso de sua empresa? Com certeza, um profissional especializado na área de Recursos Humanos responderia: os colaboradores. De fato, são eles que fazem girar as engrenagens do negócio. Contudo, é importante que ele seja bem cuidado — e esse é o papel do setor de RH.

Além de recrutar e selecionar funcionários, ele é o grande responsável por desenvolver pessoas de maneira estratégica, de acordo com todos os valores organizacionais da empresa. Somente assim, em um contexto unificado, é possível obter bons resultados não apenas financeiros, mas de crescimento e posicionamento de mercado.

Mas de que maneiras essa área pode ajudar a empresa a ser bem-sucedida na gestão de pessoas? Neste artigo, mostraremos por que os serviços do setor de RH são tão valiosos para uma instituição. Acompanhe!

Quais são as principais atividades do RH?

Para começar, é importante listar o que o setor de RH faz, para que a importância de cada uma de suas funções fique clara. Aqui estão as principais atividades nas quais ele tem responsabilidade e como elas são realizadas no dia a dia!

Seleção de profissionais

Uma das grandes responsabilidades do setor de RH é selecionar os candidatos a uma função dentro da empresa. E essa é uma tarefa árdua. Muitas vezes, há uma grande oferta de profissionais que se inscrevem para ocupar o cargo oferecido pela instituição, mas nem todos têm o perfil adequado para assumir o posto de trabalho.

Desse modo, o RH precisa analisar cada candidato e ver quais deles serão chamados para uma entrevista. Durante as conversas com os profissionais selecionados, é preciso identificar se os seus objetivos estão de acordo com os da empresa.

É um trabalho meticuloso, que visa inserir no ambiente interno da companhia os melhores talentos profissionais que agregarão valores aos processos internos e ajudarão a empresa a atingir suas metas.

Definição de salários e benefícios

Outra área importante que é afetada pelo direcionamento do setor de RH é a política de salários e benefícios da empresa. Por ser uma área que lida diretamente com pessoas, ninguém melhor do que o RH para dizer como deve ser a remuneração dos funcionários.

Por exemplo, talvez a instituição esteja com dificuldades em reter os seus melhores profissionais. Com o auxílio do RH, a alta administração pode elaborar uma estratégia de salários mais atraentes, para incentivar esses colaboradores a permaneceram na empresa.

Além disso, o setor pode construir uma política de benefícios para aumentar a satisfação dos funcionários. Como exemplo, talvez a companhia tenha muitas colaboradoras com filhos pequenos e, nesse caso, a instituição pode conceder um auxílio creche para elas.

Além disso, o RH pode incluir outros benefícios, como plano de saúde, o vale-alimentação, parcerias com universidades para a concessão de descontos nas mensalidades dos funcionários etc.

Criação de um sistema de recompensas

Caso a produtividade de alguns trabalhadores esteja caindo, o RH pode criar um sistema de recompensas. Por meio de uma pesquisa interna, é possível descobrir quais tipos de prêmios mais motivariam os colaboradores.

A partir daí, a empresa pode elaborar as formas (troféus, viagens, vale-compras ou a bonificação em dinheiro) para recompensar os funcionários com um bom desempenho em seus serviços.

Com isso, o RH ajuda os funcionários a perceberem que os seus serviços são vistos e muito valorizados pela instituição. E, como consequência, a equipe interna passa a ser mais produtiva.

Análise do desempenho dos funcionários

Atualmente, existem inúmeras ferramentas virtuais e métodos para medir o desempenho dos colaboradores. E o setor de RH pode ajudar a empresa a usar esses recursos da maneira correta. Por exemplo, pode ser sugerido o uso de um software de perfil comportamental para aperfeiçoar a seleção interna.

Caso a empresa tenha um cargo de liderança vago, o sistema analisa qual dos colaboradores tem os requisitos necessários para assumir essa função. Desse modo, os cargos e funções serão ocupados por profissionais competentes.

Contato mais próximo com os funcionários

O setor de RH lida diretamente com a toda a equipe interna da empresa. Por isso, consegue saber o que acham sobre os processos da instituição, além de estar mais próximo das principais dúvidas, reclamações e sugestões.

Por meio dele, a alta administração toma conhecimento dos feedbacks dos colaboradores e pode tomar medidas para atender às suas necessidades. Talvez a empresa decida criar um canal de comunicação, como uma rede social corporativa, por exemplo, para se aproximar de seus funcionários.

Além disso, a diretoria, em harmonia com o RH, pode adotar a chamada “política de portas abertas”, em que a alta gestão se prontifica a marcar encontros com os colaboradores para conhecê-los melhor e ouvir o que eles têm a dizer.

Determinar a cultura interna da empresa

Geralmente, uma instituição que tem uma cultura interna bem-definida é bem posicionada no mundo corporativo. Por isso, as empresas têm se esforçado nesse sentido e o setor de RH tem uma grande participação nisso.

Caso a empresa deseje adotar a inovação como a marca de sua cultura interna, cabe ao RH tomar as medidas necessárias para que os colaboradores se ajustem a isso e também vistam a “camisa da inovação”.

Talvez seja preciso começar pela seleção de candidatos com perfil inovador e, após isso, incluir práticas que fomentem a fertilização de novas ideias para, por fim, criar eventos, como o hackathon, que atraiam inovações externas.

Inserção de novas tecnologias

Às vezes, os gestores podem perceber que algumas demandas internas precisam ser aprimoradas, mas não sabem como fazer isso. O setor de RH pode sugerir o uso de tecnologias que aumentam o desempenho tanto das tarefas como dos funcionários.

indicadores de RHPowered by Rock Convert

Por exemplo, talvez o setor de vendas da empresa não esteja conseguindo atingir as suas metas. Após uma pesquisa feita pelo RH, foi descoberto que os funcionários acham o sistema que está sendo usado antiquado, pois não os ajuda a realizar seus serviços com qualidade e, por isso, eles perdem vendas.

O setor de RH pode sugerir a implantação de um software de CRM — customer relationship management — para melhorar o relacionamento com os clientes, visando o aumento das vendas.

Após isso, será o RH que elaborará e acompanhará o programa de treinamento e capacitação dessa equipe para que usem esse sistema da melhor forma possível.

Como otimizar o que o setor de RH faz?

Diante de tantas atividades, é de suma importância otimizar o que o setor de RH faz. Algumas ações ajudam a tornar os processos mais rápidos e objetivos, além de servirem de forma estratégica para o crescimento da empresa. Neste sentido, veja o que pode ser feito!

Conheça a importância de oferecer treinamento para a equipe

É fundamental investir na capacitação e na qualificação da equipe. Afinal, ela só poderá contribuir para o desenvolvimento de colaboradores se estiver preparada para isso. Deste modo, é preciso considerar um treinamento especializado e alinhado às necessidades da empresa.

Toda a equipe deve se dedicar a cursos e especializações, tanto de maneira externa quanto interna. Prestar atenção a feedbacks e trocar experiências constantemente também são ações que fazem a diferença quando se trata de ampliar a visão e o alcance do trabalho do RH.

Não dar atenção a essa questão, sem dúvida, traz uma série de problemas de ordem técnica e organizacional, como a falta de engajamento em relação aos objetivos da empresa, desmotivação dos colaboradores, entre outros.

Tenha metas e objetivos bem-definidos

Outro ponto relevante quando se trata de otimizar o que o setor de RH faz diz respeito a estabelecer metas e objetivos. Ter uma boa gestão operacional é indispensável para uma boa produtividade da equipe, que passa a exercer suas atividades com mais eficiência.

Isso porque, diante dessas definições, cada colaborador sabe exatamente o que fazer e quando fazer. Vale ainda lembrar que toda a cadeia de desenvolvimento do restante dos colaboradores está ligada ao RH, e eles não podem ficar prejudicados diante de alguma falha de desempenho.

Ter metas e objetivos garante mais visibilidade para as atividades e é uma excelente forma de mensurar a evolução de processos. Assim, com o passar do tempo, será mais fácil aperfeiçoá-los, especialmente diante de possíveis mudanças e exigências que possam surgir eventualmente.

Faça um monitoramento constante

Um bom monitoramento serve para acompanhar todos os processos do seu setor de RH. Essa atividade é essencial para que você possa entender melhor o que acontece, identificar erros antes que eles se tornem um problema maior e ter mais conhecimento a respeito do público interno e do próprio negócio da empresa.

A partir disso, você poderá traçar toda a evolução do setor, pensar em melhorias e acréscimos e, consequentemente, ter resultados ainda mais positivos. Essa também é uma forma de medir a produtividade da equipe e perceber no que ela pode melhorar, e o que pode ser considerado um empecilho para o sucesso das tarefas.

O monitoramento, além disso, faz com que todos os envolvidos no setor mantenham a ordem nos processos. Cada um saberá no que o outro está envolvido, quanto tempo falta para repassar ou finalizar aquela responsabilidade, e se ela precisa de alguma interferência para terminar mais rapidamente ou ser aperfeiçoada.

Saiba como delegar tarefas de modo eficaz

Também é de suma importância que o setor saiba como delegar tarefas para cada colaborador, de maneira inteligente. Explorar bem as habilidades particulares deles é algo que deve ocorrer naturalmente, para que eles se sintam motivados e valorizados.

Até porque, todo mundo que faz o que ama consegue trabalhar melhor, não é mesmo? Mas delegar tarefas, por vezes, inclui algumas atividades menos gratificantes, mas que não podem ficar de fora dos processos diários usuais da empresa.

Sendo assim, é fundamental dividir funções de maneira justa, para evitar sobrecarga, e para possibilitar que o colaborador descubra outras atividades nas quais trabalha com excelência. Dessa forma, é possível evitar desgastes e assegurar um retorno muito maior, além de permitir que os colaboradores fiquem mais satisfeitos com o que fazem.

Use a tecnologia como aliada

Por fim, usar a tecnologia como aliada é uma das formas mais rápidas e precisas de otimizar o RH. As inovações e soluções tecnológicas são recursos que permitem duas questões importantes: a facilitação da parte burocrática da gestão e a organização da rotina da equipe.

Hoje, softwares e ferramentas online colaboram para que isso se desenvolva da melhor forma possível. Desde o momento do recrutamento e seleção de candidatos até a delegação de tarefas internas e externas, fica mais fácil administrar prazos, registrar informações e mensurar resultados digitalmente.

São muitos papéis, documentos e planilhas envolvidos em cada uma dessas funções, que não podem se perder e devem ser administradas com muito cuidado. Fazer com que elas ganhem um novo formato e um armazenamento mais seguro agiliza, e muito, todas as funções do setor, e abre espaço para que ele se torne mais estratégico dentro da empresa.

A Compleo oferece um sistema completo voltado principalmente para recrutamento e seleção, um dos processos que normalmente é mais extenso e complexo. Pela plataforma, o profissional consegue gerenciar todos os processos do começo ao fim, fazer triagem por vídeo, compartilhar dados com a equipe e desenvolver todas as atividades do processo seletivo para economizar tempo e dinheiro durante as contratações.

Portanto, conte conosco para esta implementação que, com certeza, se tornará até mesmo um diferencial competitivo no mercado. Afinal, quem tem objetividade na aquisição de talentos e consegue alinhá-los à missão e aos valores da empresa, com certeza sai na frente.

Como você pode perceber, é bastante visível que o que o setor de RH faz é fundamental para o sucesso de uma empresa. Por isso, é uma área que deve ser muito valorizada na instituição. Se a alta administração reconhecer isso, virão muitos benefícios para o seu negócio! E, é claro, para todos os colaboradores, que poderão sempre contar com uma equipe preparada para auxiliar em seu desenvolvimento e crescimento dentro da empresa.

Gostou de nosso artigo? Conseguiu perceber como o setor de RH é importante para a empresa conseguir melhorar seus serviços? Então assine nossa newsletter para receber mais dicas e textos e continuar a implementar melhorias na área!


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment