O que muda com as novas tecnologias de recursos humanos?

nova tecnologia de Recursos Humanos tem impactado o setor em todas as empresas, sobretudo no que se refere aos processos seletivos. Nesse cenário, redes sociais como o LinkedIn ganharam espaço, assim como um novo modelo de empresa, que vem para agregar novas funcionalidades de Recursos Humanos.

Esses recursos são criados em startups, muitas vezes conduzidas por profissionais de Tecnologia da Informação estreantes no mercado de seleção. O objetivo é levar serviços de recrutamento para as empresas — ou mesmo conquistar espaço entre as principais organizações de recrutamento e seleção do país.

Tais ferramentas têm mudado de forma significativa os processos seletivos. Continue a leitura e entenda como!

O que é o RH 4.0 e quais são suas vantagens?

Primeiramente, precisamos entender que toda essa transformação no setor de Recursos Humanos vem sendo chamada de RH 4.0. Isso porque as inovações tecnológicas, assim como seus resultados e impactos, se originaram devido à chamada Quarta Revolução Industrial (ou Indústria 4.0).

O fenômeno trouxe, acima de tudo, a proposta de unir e conciliar a tecnologia às atividades humanas. O mesmo está acontecendo nos setores de RH: as empresas vêm buscando ferramentas e técnicas para otimizar o trabalho de seus profissionais. Por ainda se tratar de uma “novidade” e envolver muitas mudanças, são necessárias medidas e tempo para a adaptação.

No entanto, essas tendências já mostram muitas vantagens. Os gestores ganham tempo e eficácia em seus processos seletivos, pois contam com tecnologias de triagem e outros instrumentos que ajudam na análise de dados, por exemplo.

Além disso, atividades como gestão de benefícios, folhas de pagamento e até a comunicação interna são favorecidas. A seguir, você vai conhecer algumas ferramentas que proporcionam essas vantagens.

Quais são as mudanças provocadas pela nova tecnologia de Recursos Humanos?

Quando se fala em recrutamento e seleção, praticamente tudo muda. Os processos tendem a ser muito mais ágeis, dinâmicos e com maiores chances de sucesso na contratação.

Usando anúncios patrocinados e segmentados de acordo com o perfil desejado, as empresas atraem profissionais compatíveis com a vaga disponível ao site institucional, mas sem publicá-los de forma aberta.

Para o cadastro, os profissionais preenchem seus dados e fazem testes de habilidade técnica. Após isso, um algoritmo promove a combinação dos candidatos e identifica os melhores para cada vaga. Existem também empresas especializadas na avaliação de compatibilidade dos perfis dos candidatos, que cruzam essas informações com os requisitos que a organização contratante almeja.

Cada entrevista ou contratação retroalimenta o algoritmo para identificar os perfis requeridos por cada empresa e, assim, tornar a escolha mais fácil. Nesse modelo, o processo seletivo dura uma média de 28 dias.

Quer saber mais sobre as novas tecnologias no setor de Recursos Humanos? Então, acompanhe algumas novidades que fazem parte da rotina das empresas hoje em dia.

Aplicativos de recrutamento e seleção

Já não temos como fugir dessa realidade: as novas tecnologias permitiram a otimização do trabalho no setor de RH e têm assegurado mais eficácia estratégica aos processos de recrutamento e seleção. Assim, utilizando um dispositivo móvel, o candidato pode buscar vagas em aberto de acordo com seus perfil profissional.

Já os sites podem oferecer os serviços de cadastro em plataformas inteligentes, alinhando as competências desejadas pelas empresas ao perfil do candidato. Como resultado, são assegurados serviços muito mais compatíveis com a vaga em aberto.

Existe uma tendência muito forte entre as companhias que contratam esses aplicativos de fazer seleções cada vez mais segmentadas e eficazes. Tal fato se deve aos dados dos candidatos, que são altamente qualificados e selecionados pelos algoritmos. Assim, é possível encontrar aqueles colaboradores mais alinhados ao perfil da vaga.

Recrutamento e seleção por vídeo

Além de aproximar a empresa dos profissionais por meio de plataformas, redes sociais, anúncios patrocinados e sites, a tecnologia, usando a internet como veículo facilitador, torna possível que a empresa realize processos seletivos totalmente online. Esse tipo de procedimento é capaz de otimizar tempo e recursos.

Todo o processo é facilitado por meio das entrevistas em vídeo, uma das principais tendências que têm transformado o trabalho dos profissionais de recrutamento e seleção dentro do setor de RH.  Com essa tecnologia, está cada vez mais fácil diminuir distâncias de forma eficaz.

Assim, as empresas obtêm uma série de vantagens. Entre elas, podemos destacar:

  • maior número de candidatos que podem ser avaliados;
  • possibilidade de participação de pessoas de outras regiões;
  • avaliação de habilidades com mais calma, pois os vídeos podem ser gravados e enviados posteriormente.

Tudo isso facilita a comparação entre as habilidades dos profissionais, o que torna o processo seletivo mais eficiente.

Participação nas redes sociais

As redes sociais, em especial o LinkedIn, estão mudando a forma de se procurar por talentos. É possível fazer buscas sobre diversas habilidades e competências, o que refina o recrutamento.

Na opção premium do LinkedIn, é possível preencher mais de 25 critérios, o que torna mais fácil encontrar perfis específicos. Isso também auxilia no mapeamento de perfil dos candidatos.

Para viabilizar tais processos, é preciso criar páginas corporativas para a sua empresa. Dessa forma, será possível aproveitar todo o potencial das redes sociais, com a divulgação das vagas abertas e a atração de candidatos mais qualificados.

Esse relacionamento com as pessoas agiliza o processo seletivo e aumenta as possibilidades de contratação dos colaboradores que estão de acordo com a cultura e os objetivos da organização.

Outra estratégia que pode (e deve) ser explorada é a promoção de conteúdos para que os usuários criem uma identificação com a cultura e os negócios da empresa. Tal iniciativa vai facilitar a atração dessas pessoas quando a companhia estiver com uma vaga aberta.

Com a ajuda do setor de comunicação da companhia, você pode pensar em vídeos nos quais os colaboradores revelem suas rotinas de trabalho, por exemplo. Eles mostrariam a missão, a visão, os valores e o posicionamento da empresa no mercado de forma diferente, auxiliando na aproximação com o candidato.

Mapeamento comportamental

As novas tecnologias trouxeram também softwares capazes de realizar mapeamentos comportamentais. Ou seja: tais ferramentas tornam possível à empresa fazer a análise do comportamento do candidato e definir se ele está alinhado às suas expectativas.

Assim, é viável selecionar os candidatos mais aderentes ao perfil profissional do cargo e à cultura empresarial. Trata-se de fatores determinantes a uma contratação de sucesso, já que o colaborador engajado com a cultura da empresa tende a ser mais produtivo e permanecer na companhia por um período maior de tempo — elementos indispensáveis em mercados competitivos.

Com isso, a organização consegue atingir um desenvolvimento mais sustentável, pois contará com os melhores profissionais. Como resultado, a companhia terá a chance de estar em constante desenvolvimento.

Big data e análise de dados

O Big Data pode ser definido basicamente como ferramentas para o armazenamento de dados no ambiente virtual. Ele é capaz de guardar informações sobre os colaboradores, seus processos e os candidatos que já participaram de alguma seleção de forma mais organizada e prática. Tal sistema também facilita uma série de atividades, como:

  • procurar por informações relevantes sobre seus profissionais;
  • encontrar candidatos em potencial para futuros recrutamentos;
  • avaliar a eficiência de seus processos (e por aí vai).

Vale lembrar que existem ferramentas para ajudar você a analisar os dados.

Realidade virtual

Este recurso é novo, mas já vem sendo muito utilizado e procurado pelas empresas. A realidade virtual pode ser realizada com o uso de óculos específicos e simuladores, por exemplo, tendo diversas aplicações em uma companhia.

Dependendo do cargo, esse recurso favorece os processos seletivos. Aqueles que exigem alguma habilidade específica, podem ser beneficiados pela realidade virtual. Nos treinamentos, essa também é uma ideia válida, pois ajuda a ilustrar os conhecimentos a serem passados e tornar tudo mais “palpável, por assim dizer.

Trabalho remoto

Outra tendência possibilitada pela tecnologia é o trabalho remoto ou home office. Neste modelo, os colaboradores atuam fora dos limites da organização, sem precisar visitá-la ou indo com menos frequência.

Isso pode trazer diferentes benefícios, como a redução de custos e a contratação de trabalhadores de outras cidades, ou mesmo de pessoas com mais dificuldades de locomoção. É preciso apenas verificar os cargos que se adaptam à tendência e compreender suas particularidades.

Softwares para o RH

Por fim, não poderíamos deixar de citar os softwares para RH. Já existem diversos modelos de sistemas voltados ao setor, que incluem inúmeras funções. A triagem de currículos, a divulgação de vagas, a gestão de benefícios e a análise de dados são apenas alguns dos exemplos.

Um software de recrutamento e seleção permite agilizar o processo e ter mais eficiência em várias de suas etapas. Portanto, vale a pena conhecer as possibilidades dessa ferramenta.

Inovações e novas tecnologias surgem todos os dias para facilitar a gestão de pessoas dentro do RH, sendo que o recrutamento e a seleção são subsetores que podem ser amplamente beneficiados com esses novos recursos tecnológicos. Além daquelas que já citamos, o People Analytics é uma das mais promissoras ferramentas da atualidade, por exemplo.

O uso de dados proporcionado pela ferramenta pode embasar desde a seleção de candidatos até o desenvolvimento de colaboradores, conforme as competências necessárias à empresa. Nesse sentido, a Compleo busca oferecer apoio com softwares de RH adequados para o seu negócio.

Se você gostou deste post sobre o que muda com a nova tecnologia de Recursos Humanos ou quer saber mais sobre os serviços que oferecemos, é só entrar em contato conosco. Estamos à disposição!


contratando durante a quarentenaPowered by Rock Convert
gestão de talentos na TIPowered by Rock Convert

About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment