Entenda a importância do feedback no processo seletivo!

Existem muitos profissionais de RH que menosprezam o feedback no processo seletivo por acreditarem que ele não é importante e que fazer isso não colabora para a empresa economizar tempo e dinheiro durante as contratações.

No entanto, quem pensa assim comete um grande engano. Afinal, por ser um sinal de respeito, o feedback funciona como uma poderosa ferramenta de marketing gratuito, assim como um bom meio de atrair candidatos mais bem qualificados para as futuras seleções.

Por isso, neste post, apresentaremos como funciona o feedback no processo seletivo, qual a sua importância para os candidatos e os principais erros cometidos que devem ser evitados. Continue a leitura e confira!

Como funciona o feedback no processo seletivo?

Em inglês, a palavra “feedback” quer dizer realimentar ou dar uma resposta a um acontecimento ou a um pedido. No contexto de um processo seletivo, o feedback pode ser compreendido como reação ou resposta e acontece de ser tanto positivo quanto negativo.

A verdade é que, seja bom, seja ruim, saber como fornecer feedback é algo fundamental, pois as duas situações são construtivas, demandando muita ponderação e reflexão por parte do interlocutor.

Assim sendo, o feedback no processo seletivo nada mais é que uma resposta que o candidato obtém do recrutador — positiva ou negativa — no que diz respeito à sua participação nas etapas de recrutamento e seleção para ocupar uma vaga de trabalho.

Para os casos em que o candidato continua no processo ou é efetivado pela empresa, o retorno é positivo. No entanto, em uma situação negativa, a expectativa é de que os responsáveis pelo processo forneçam esse feedback às pessoas que tentaram ocupar a vaga.

Qual a importância disso para o candidato?

É preciso ter cuidado para que a resposta não seja padrão, pois cada participante superou uma determinada fase do processo e foi eliminado por motivos diferentes. Nesse sentido, espera-se uma resposta individual e, se possível (e mesmo que seja negativo), um feedback para pontos de aprimoramento. Mostraremos, a seguir, a perspectiva dos candidatos e por que tudo isso é tão importante.

Possibilidade de o candidato saber como pode melhorar

O feedback é importante para as pessoas que participam de um processo seletivo porque, com isso, elas têm a chance de aprender mais sobre si próprias. Além disso, podem identificar os pontos “cegos”, que devem ser eliminados ou neutralizados em outros contextos parecidos.

Assim sendo, o ideal é fugir do padrão e dar um feedback profundo e personalizado. Dessa forma, é possível ajudar o candidato a se aprimorar e a crescer profissionalmente, com a certeza de que o retorno foi elaborado especificamente direcionado para ele.

Promoção de uma boa imagem da empresa

Em um processo seletivo, da mesma forma que o recrutador avalia o candidato, o oposto também acontece. É natural que ele preste atenção à postura do entrevistador, ao ambiente de trabalho da empresa, aos recursos e às ferramentas de tecnologia disponíveis e a diversos outros fatores. Ou seja, tudo o que o leve a imaginar como seria desempenhar suas funções e seu dia a dia naquele local de trabalho pode ser observado.

gestão de talentos na TIPowered by Rock Convert

Por sua vez, se a empresa não firma o compromisso de dar o feedback para o candidato após a realização do processo seletivo, certamente, ele se sentirá desvalorizado pela instituição e atribuirá a ela uma imagem negativa.

Demonstração de cuidado com os candidatos

Vamos imaginar a situação de um pretendente a uma vaga de trabalho: ele investe tempo em entrevistas e dinâmicas, dedica atenção aos e-mails e às ligações de contato e cria expectativas à medida que passa pelas etapas do processo seletivo. Nesse cenário, dar um retorno a ele é um sinal de cuidado e respeito.

Afinal, você não quer que a sua empresa faça parte do grupo do qual os candidatos tanto se queixam, não é mesmo? Aquele grupo em que o que mais se escuta entre as pessoas é: “fiz algumas entrevistas, mas nunca obtive retorno”.

Quais os principais erros cometidos que devem ser evitados nesse processo?

Não dar feedback

Para quem procura por um posto de trabalho, a falta de feedback e esse tipo de espera são muito ruins e podem trazer consequências negativas para a imagem da empresa. Até porque estamos falando de um processo de comunicação, ou seja, de um diálogo que nunca será finalizado.

Isso significa que, ainda que nas entrelinhas, o candidato fez uma pergunta, mas nunca obteve resposta por um representante da organização. Como será que esse profissional se sentiu e o que ele passou a pensar e a falar a respeito dessa empresa após essa falta de comunicação?

Nesse caso, se a imagem que ele tinha da marca era positiva e se suas expectativas conceituais em relação a ela eram altas, provavelmente, sua decepção foi grande. Pior do que isso só a imagem da instituição que, certamente, também ficará prejudicada.

Deixar faltar clareza nos pontos de melhoria

A falta de transparência ou, até mesmo, do próprio feedback para saber em que ponto é possível melhorar, além de gerar um sentimento de frustração, faz com que a pessoa possa se sentir incapaz, uma vez que ela fica sem saber qual é o caminho para o seu desenvolvimento.

Deixar de pedir avaliação do processo

O feedback no processo seletivo é uma excelente ferramenta para avaliar a experiência do candidato e o desempenho das etapas de recrutamento e seleção. Portanto, se você não pede a opinião dos participantes em relação a isso, sua empresa perde a chance de saber como pode aprimorar esse processo e torná-lo cada vez mais objetivo e eficiente.

Por fim, é preciso ter em mente que o feedback no processo seletivo demonstra respeito por parte da empresa tanto para com os candidatos quanto para com o tempo dedicado por eles durante a seleção. Além disso, essa resposta também significa uma maneira de agradecimento pelo profissional ter acreditado que a organização era boa o suficiente para fazer parte de seu currículo.

Então, gostou deste conteúdo? Que tal compartilhá-lo agora mesmo em suas redes sociais e ajudar seus contatos a entenderem um pouco mais sobre feedback no processo seletivo? Enriqueça sua timeline com este post!

onboarding online


About

Compleo

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment