Por que a cultura de feedback é fundamental para o desenvolvimento das pessoas?

É sempre bom ouvir um feedback positivo. Mas, afinal, o que é cultura de feedback? Quais são seus tipos e o que os define. Por que ele é entendido por muitos como um fator essencial no progresso das equipes de uma empresa? O que o faz ser considerado um recurso indispensável nas relações empresariais? Fato é, o feedback é o principal elo entre o desenvolvimento profissional de cada um e seus efetivos resultados.

Neste artigo, iremos abordar as principais considerações a respeito da cultura do feedback, suas reais contribuições, porque é essencial aplicá-lo em uma empresa e quais os seus tipos e principais modelos. E finalmente, qual a importância de aplicar feedbacks para o desenvolvimento de equipes e pessoas.

O que é a cultura do feedback e porque é importante aplicá-lo nas empresas

A cultura do feedback refere-se a uma poderosa ferramenta de transformar potencial em potência. É o ato de retroalimentar ou devolver com base em um estímulo, comportamento ou ação observada. Pode-se dizer então que o feedback é um parecer a um indivíduo ou grupo de pessoas sobre uma determinada atividade executada.

É através dele que se tem um norte sobre os pontos negativos e positivos, quais itens devem ser aprimorados para que na próxima execução haja uma evolução e um melhor resultado.

O método é eficaz quando se trata de desenvolver o trabalho dos colaboradores, por meio de aperfeiçoamentos, pois é um importante recurso que possibilita ao funcionário a percepção de como está seu comportamento profissional, onde está alcançando determinados objetivos e os pontos negativos a fim de melhorá-los.

Um feedback objetivo é capaz de prover ao colaborador informações sobre pontos específicos sejam positivos ou negativos que necessitam ser modificados, para cooperar em seu crescimento profissional e até mesmo pessoal. Além do mais, o método deixa bem nítido a visão que a empresa tem sobre o funcionário e quais as expectativas a seu respeito.

Tipos de feedback

Agora que temos uma noção maior do que é feedback e quais suas principais características, vamos aos seus principais tipos:

  • Feedback positivo: entra não só nos momentos em que é preciso valorizar a capacidade de uma equipe ou de um indivíduo, mas também demonstrar o quão importante e confiável é a relação desenvolvida. O que resulta na promoção do bom desempenho e na sensação de bem estar.
  • Feedback negativo: é um retorno de um líder ou de uma gestão ao colaborador a respeito de um determinado ponto que deve ser aprimorado. Tem como principal objetivo desencorajar certa atitude do indivíduo e estimulá-lo a passar por um processo de mudança. Quando transmitido de maneira incorreta, o feedback negativo pode trazer prejuízos não só ao colaborador mas também ao líder e a empresa.
  • Feedback construtivo: baseia-se na informação apresentada do profissional a ser analisado, seguida de uma recomendação de aprimoramento. Ele é o mais íntegro, pois é a junção dos dois últimos pontos acima citados. O mais relevante, nesse método, não é apenas identificar os pontos negativos e positivos, mas sim, apontar formas, respostas e trajetos a serem modificados. Ao reconhecer uma falha ou detalhe que possa ser aperfeiçoado, o líder oferecerá junto um meio de correção e mostrará o problema, válido como um ensino e não como uma repreensão.
  • Feedback ofensivo: como o próprio nome já diz, este não é o método ideal para utilizar dentro de uma companhia. Quando se trata de feedback ofensivo, refere-se àquelas atitudes quando um gestor acaba extrapolando a falta de respeito, fazendo críticas pessoais a um colaborador ou a toda sua equipe sem oferecer um método de melhoria. Esse feedback, que infelizmente ainda é utilizado como modo de melhoria nos procedimentos dentro das empresas, é algo extremamente perigoso, capaz de acarretar diversos problemas ao colaborador, desde afetar a saúde psicológica a adquirir doenças ocupacionais.

Para um feedback assertivo dentro do ambiente de trabalho, é necessário possibilitar meios de diálogos a fim de gerar confiança e empenho ao trabalho, seja pelos dirigentes, encarregados e colaboradores, criando um ambiente receptivo à comunicação e, como resultado, crescimento nas relações e um comprometimento maior de um todo.

Entendeu agora a importância dessa ferramenta na construção e na evolução do indivíduo ou de uma equipe. Quando bem utilizados, os feedbacks acarretam grandes benefícios é uma evolução mais consciente, nos quais os pontos fortes são aprimorados e os pontos fracos são corrigidos.

indicadores de RHPowered by Rock Convert

Principais modelos

Para conhecer mais sobre o feedback, confira alguns dos modelos adotados no meio corporativo!

Feedback 360°

Dentre os modelos de feedback, inicialmente vale destacar o feedback 360°, esse é um desdobramento da avaliação de desempenho 360°. Aqui todos que possuem relação com o colaborador participam da avaliação, tornando assim o feedback mais variado e diversificado, no qual várias perspectivas, assim como a do gestor, passam a ser aceitas e absorvidas.

Feedback Kudos

Este modelo é mais voltado aos feedbacks positivos, na propagação dos bons resultados do colaborador, até mesmo dos momentos em que as expectativas foram superadas. Exemplos ajudam na assimilação do que está sendo tratado.

Feedback Wall

Aqui encontra-se uma exceção nos modelos de feedback.  Abre-se espaço para o diálogo e são os colaboradores os responsáveis pelo retorno, de forma simples e rápida sobre os rumos de determinada empresa ou gestor, tanto de forma positiva quanto de forma negativa.

Feedback Canvas

Tendo foco na evolução coletiva em detrimento do desenvolvimento individual, este modelo de feedback acontece a partir da exposição dos pontos positivos e negativos de cada um. Logo após as observações, ocorre um debate visando melhorias e aprimoramentos das atividades em grupo. Neste caso o coletivo é responsável pelos resultados obtidos.

Feedback sanduíche

Este curioso modelo de feedback se baseia em três níveis, bem como um tradicional sanduíche.  Primeiro o elogio, este traz o colaborador para perto de si, e com ele uma sensação de bem estar que abre caminho para a pergunta, este segundo nível é uma forma de corrigir determinadas atitudes através da dúvida gerada no indivíduo. E por fim a ação, agora busca-se recursos para manter sempre a motivação e o desenvolvimento em alta, visando sempre o crescimento da produção.

Ao decorrer desse artigo, apresentamos informações que apontam meios e exibem a relevância da utilização do Feedback nas empresas. Expressar reconhecimento aos colaboradores que trabalham com você é um meio de motivá-los a sempre buscar melhorias, além de criar um ambiente de trabalho mais harmonioso e de qualidade.

Uma equipe unida e disposta oferece excelentes experiências aos consumidores o que, por decorrência, gera um melhor retorno financeiro para o empreendimento.

Assine nossa Newsletter para ter acesso a conteúdos da área de RH.


About

Compleo

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.