Saiba como traçar metas de RH em conjunto com a estratégia da empresa

Os líderes de recursos humanos têm muitos papéis dentro da organização. Eles são responsáveis ​​por formular metas e estratégias de RH que se concentrem no recrutamento e na retenção de funcionários de alto nível, além de supervisionar projetos que promovam a produtividade em toda a companhia. Entre tantos afazeres, elaborar o plano de recursos humanos de uma empresa nem sempre é algo simples. Por isso, neste post vamos ajudar!

Vários fatores são críticos para uma estratégia de RH de sucesso, desde o processo de definição de metas até a coordenação de planos de ação com os supervisores da linha de frente. A maioria dos departamentos de recursos humanos controla as operações gerais de uma empresa, tornando o departamento um componente-chave de sucesso no alcance de seus objetivos.

Trouxemos algumas dicas para você acertar em seu planejamento e torná-lo mais assertivo, mas antes vamos esclarecer a importância dessas metas. Continue lendo para saber mais!

Como as metas de RH impactam o sucesso da empresa?

As metas de RH estratégicas fazem parte de uma visão de longo alcance que demonstra a força de trabalho da empresa, desempenhando um papel integral no sucesso geral do negócio. Uma estratégia de RH integrada à de negócios é indicativa do papel do RH no sucesso da empresa.

Para ser bem-sucedido, o RH precisa de uma estratégia que seja integrada e impulsione os objetivos de negócios para garantir que seus funcionários tenham ferramentas, habilidades e conhecimentos necessários para entregar o seu melhor trabalho.

Quando o departamento de RH desenvolve uma meta estratégica, ele identifica os objetivos necessários para atingir essas metas de RH. Esses objetivos geralmente compreendem etapas funcionais necessárias para completar cada meta de desempenho. A chave para uma estratégia de RH de sucesso é o apoio da empresa.

Como criar metas de RH?

O departamento de recursos humanos pode ter um enorme impacto na satisfação dos funcionários. Como tal, é importante que os líderes de RH definam metas que apoiem ​​os objetivos de um negócio.

Para ter um lugar na mesa de tomada de decisões, o setor deve entender os objetivos estratégicos e a direção-geral do negócio. Se isso não estiver claro para todas as partes envolvidas, será difícil para o RH alinhar e apoiar esses objetivos.

Uma vez que a visão de sucesso da empresa esteja definida, é hora de articular as metas de RH e criar ações específicas e direcionadas a atualizar seus objetivos. Depois de criar o plano estratégico com ações específicas, é necessário retornar aos líderes de negócios, envolvê-los e certificar-se de que eles estão realmente alinhados.

Confira, a seguir, algumas práticas que devem estar em um plano de recursos humanos de uma empresa!

Ligue os resultados de negócios às métricas de RH

Comece entendendo a estratégia de negócios de sua organização e os objetivos que ela define. Provavelmente, olharemos para metas de receita, relacionadas a custos, de participação de mercado, satisfação do cliente ou retorno sobre o capital.

Pegue cada uma dessas metas e divida-as em processos e objetivos secundários até chegar a uma área relacionada ao RH, em que você encontrará sua métrica correlativa.

Em nosso mundo de tecnologia, dados e conhecimento são uma ferramenta poderosa que todas as empresas devem alavancar. O RH não é diferente. Recrutamento, gestão de pessoas, treinamento, desenvolvimento, planejamento de carreira e pacotes salariais devem ser decididos com base em dados e análises internos e externos. Não há desculpa para não aproveitar informações para tomar decisões de negócios mais inteligentes que afetarão seus negócios.

Avalie a quantidade de funcionários a serem contratados por período

Saber o que a organização necessita é um dos maiores desafios e responsabilidades de RH. A fim de encontrar o talento certo para o cargo certo, os líderes de RH devem, em primeiro lugar, determinar o conjunto fundamental de habilidades e conhecimentos necessários para o negócio prosperar.

Funcionários de alto nível não são encontrados arbitrariamente. A equipe de RH deve prestar muita atenção ao encontrar talentos em potencial entre os grupos de talentos e aproveitar todas as possibilidades para buscá-los e combiná-los aos papéis de negócios.

As empresas com alto desempenho devem realizar uma gestão efetiva do seu recrutamento e sua equipe. Assim, conseguirão cooptar mais pessoas com talentos para sua empresa, fazer um trabalho melhor na seleção de candidatos e, em seguida, fornecer o melhor treinamento possível para transformar esses funcionários em ativos.

Faça uma revisão constante dos processos

Nenhum processo é completo. Para ter sucesso a longo prazo, é essencial a revisão dos seus processos continuamente para determinar o que está funcionando e onde há áreas para melhoria.

No atual mundo dos negócios, impulsionado pela evolução constante da tecnologia, pelas mudanças nas necessidades e preferências dos funcionários, entre outros fatores, as empresas precisam reconhecer que os processos que funcionaram ontem não serão necessariamente bem-sucedidos amanhã. É importante estar atento às melhores práticas atuais de RH para ficar um passo à frente.

Preste atenção aos salários e benefícios dos funcionários

Certifique-se de que os funcionários são pagos de acordo com o padrão da indústria ou melhor, assim, há garantia de colaboradores felizes, produtivos e leais. O pagamento é um dos componentes mais importantes de uma empresa. O pessoal de recursos humanos deve monitorar de perto o que os funcionários recebem, assegurando-se de que eles sejam devidamente compensados.

Além disso, especialistas em recursos humanos ajudam as empresas a economizar custos quando desenvolvem pacotes de remuneração, beneficiam materiais e programas de assistência aos colaboradores. Os benefícios são uma obrigação para as empresas, mas, além disso, quando são bem escolhidos, funcionam como uma das estratégias de retenção de talentos e satisfação profissional.

Pense bem nos treinamentos oferecidos

Os avanços tecnológicos aumentam a necessidade de programas de treinamento altamente desenvolvidos e que os representantes de RH estejam mais qualificados para implementá-los. Os gerentes de recursos humanos também são responsáveis ​​pelo controle de qualidade, que está diretamente relacionado ao sucesso dos objetivos da empresa.

O treinamento e o desenvolvimento são componentes-chave da contratação e retenção de bons funcionários que terão longevidade em sua organização. Certificar-se de que eles estão bem equipados e continuam aprendendo aumentará o nível de produtividade e a motivação.

Busque reduzir os custos

O planejamento efetivo da mão de obra ajuda a reduzir ao mínimo os recursos e as despesas gerais, enquanto elimina o desperdício. Com o recrutamento da pessoa certa para o trabalho, há a redução dos custos, evitando novas despesas incorridas por meio do processo de recrutamento, contratação e reciclagem.

Assim, é fundamental incluir os processos seletivos no plano de recursos humanos de uma empresa, buscando as melhores estratégias e o alinhamento com suas metas. Além disso, é importante pensar também nos gastos com tecnologia e demais materiais: são investimentos muito necessários, mas devem ser feitos com equilíbrio e consideração referente a seus objetivos e situação atual.

Mantenha o RH alinhado a outras áreas da empresa

Para ter sucesso nos resultados do planejamento, o RH precisa estar ciente das demandas de cada área e se alinhar a cada gestor. Quando os departamentos não se conectam, o plano pode não se encaixar na realidade das equipes e, assim, acaba saindo dos eixos, sobrecarregando funcionários ou obtendo resultados desproporcionais às expectativas, por exemplo.

O mais indicado é definir as metas em conjunto com os demais gestores. Faça reuniões e conheça as necessidades de cada área, o ritmo e por aí vai. Também é importante entender o estilo de gestão de cada um e entrar em acordo com o que for planejado. Afinal, o RH estabelece as metas e o planejamento, mas o gestor é que ficará responsável por conduzir sua execução na prática.

Conheça os objetivos organizacionais

Além de levar em conta a realidade de cada área, é essencial considerar a intenção da organização, seus valores e seu plano estratégico. Identifique os objetivos organizacionais como um todo. Podem haver intenções fixas, baseadas no propósito da empresa, e metas que variam ao longo do tempo, como melhorar sua situação econômica, a sua imagem no mercado e por aí vai.

É importante ter as metas de RH alinhadas a esses dois tipos de objetivos e tomar cuidado para não perder o foco, o que pode acontecer em meio às tarefas do dia a dia. Simultaneamente, é preciso pensar em como manter a produtividade para alcançar tais metas, ao mesmo tempo, garantindo a saúde e o bem-estar de seus colaboradores.

Desenvolva planos de ação

Com a execução das etapas que citamos até aqui, o RH já tem material para propor planos de ação. Além de traçar as metas, de forma mensurável e realista, proponha estratégias e planos para colocá-las em prática.

É fundamental levar em conta o cenário atual da organização para criar planos alcançáveis. Entenda seus contextos e os recursos que têm à disposição para bolar as melhores ações a serem tomadas.

Você está onde precisa estar para realizar esses passos? Definir as metas de RH e os objetivos certos é a verdadeira arte da liderança, que pode aumentar sua eficiência e melhorar o alinhamento entre suas iniciativas de RH e as metas de negócios.

Gostou do nosso conteúdo sobre metas de RH? Agora você já sabe como criar um plano de recursos humanos de uma empresa! Para otimizar ainda mais seus processos, descubra agora três indicadores para usar nas suas metas de BI em RH!


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment