Rede social corporativa: 5 cuidados necessários ao utilizá-las

Os avanços tecnológicos e a internet transformaram o mundo em pouco tempo, conectando pessoas e processos em todas as partes do globo. Essa realidade trouxe para as empresas a necessidade de modernizar a comunicação interna e, por isso, várias organizações estão aderindo à rede social corporativa para oferecer mais praticidade no cotidiano do público interno.

Essa ferramenta ainda torna possível uma alta conectividade entre os funcionários, além de aderir a soluções que ofereçam um maior engajamento entre eles. Contudo, esse veículo ainda é um território no qual é preciso tomar certos cuidados, visto que é uma via de mão dupla, que pode tanto beneficiar quanto trazer prejuízos para a imagem da organização.

Neste post, você vai aprender 5 cuidados necessários para gerir uma rede social corporativa. Continue a leitura!

Mas afinal, o que é rede social corporativa?

Rede social corporativa pode ser entendida como uma rede social empresarial, onde diversas pessoas que têm o mesmo interesse e interagem em um mesmo espaço podem se comunicar sobre os mais variados temas pertinentes à empresa.

É caracterizada por ser um ambiente onde todos os públicos de relacionamento de uma organização podem interagir. Dessa forma, funciona como as outras redes sociais, no entanto, é destinada à comunicação interna da companhia. Nessa ferramenta, cada funcionário tem um perfil em que é possível compartilhar informações, fotos, vídeos e uma série de outros recursos.

Ao implementá-la, a organização ganha em estratégias táticas e operacionais. Por esse motivo, muitos gestores já usam a rede social corporativa para fomentar a comunicação e o endomarketing, de modo a favorecer uma cultura organizacional mais alinhada com os objetivos estratégicos da empresa.

Por que ter uma rede social corporativa?

Como vimos, uma rede social corporativa é uma forte ferramenta para auxiliar na comunicação interna entre todos os públicos da empresa. Podemos destacar como a principal vantagem a utilização desse canal para transmitir de forma rápida as informações organizacionais, já que, quando comparada a outros, se apresenta como um veículo muito mais eficaz.

Além disso, traz funcionalidades que colaboram para a disseminação do conhecimento, já que permite o compartilhamento de informações, arquivos, planilhas e dados. A rede social corporativa vem para substituir as antigas intranets.

Além disso, podemos destacar a conquista de velocidade na execução de processos internos e a facilidade de acesso. Isso porque, como já mencionamos, é um veículo de comunicação que fortalece a interação, a conectividade e o compartilhamento de dados entre os profissionais de uma companhia, colaborando para a implementação de uma gestão mais participativa entre todos os funcionários.

Quais devem ser os cuidados ao se adotar uma rede social corporativa?

Implementar uma rede social corporativa torna possível o crescimento da companhia por meio da educação de seus funcionários. O que isso significa? Atingir um alto patamar de agilidade no processo de comunicação, assim como um elevado nível de afinidade e interatividade entre gestores e outros públicos da empresa.

Para que essa ferramenta seja realmente eficiente, é preciso que todos os colaboradores e outros públicos de relacionamento estejam preparados para acessar a rede interna. Isso se justifica pois se a adesão à ferramenta for baixa ou o acesso for restrito a um pequeno grupo interno, manter a rede social corporativa não faz muito sentido.

Separamos para você os principais cuidados ao implementar uma rede social corporativa na empresa. Acompanhe!

1. Compartilhar informações de outras pessoas

É necessário ter em mente que todo o processo de comunicação dentro da empresa deve zelar pela transparência. Dessa forma, ao compartilhar informações de outras pessoas, você corre o risco de equivocar-se e ocasionar uma má experiência na rede social corporativa.

Sendo assim, é preciso ser criterioso, uma vez que se trata de um espaço público de compartilhamento de informações. Tenha consciência de que a imagem da empresa não pode ser comprometida.

2. Postar conteúdo pessoal

Todo o conteúdo postado na rede social corporativa precisa ter relação com a companhia, uma vez que a ferramenta que tem como objetivo integrar a comunicação e transmitir informações que envolvem as áreas, pessoas e até mesmo outras empresas parceiras.

3. Ter um plano de ação

De imediato, é preciso especificar quais são os objetivos a curto, médio e longo prazo. Para isso é necessário fazer um planejamento, que deve constar:

  • Qual será o conteúdo?
  • Qual mensagem será emitida?
  • Qual será a linguagem abordada?
  • Qual será a assiduidade dos posts?
  • Qual o público-alvo? Somente funcionários ou alguns clientes também? Quais clientes?
  • Quais ferramentas serão utilizadas?

Todas essas questões devem ser consideradas na hora de montar o plano de ação.

4. Responder os clientes

É preciso estar preparado para receber críticas, bem como respondê-las com agilidade e veracidade. Os clientes veem nas redes sociais um canal de comunicação importante e, por isso, é normal que eles queiram interagir nesse veículo.

As redes sociais corporativas também favorecem as organizações para que elas tenham conhecimento acerca da aceitação de seus produtos/serviços e para que elas possam sempre buscar melhorias.

5. Saber gerenciar crises

Mesmo na rede social corporativa, conflitos podem surgir. Com os colaboradores se sentindo cada vez mais à vontade para exporem suas opiniões, principalmente os da geração Y, pode ser que as surjam momentos de crise. Para contornar essas situações, é importante contar com um profissional capacitado para monitorá-las e gerenciá-las da melhor forma possível.

Como vimos ao longo deste post, as redes sociais corporativas são excelentes ferramentas para que você possa compartilhar notícias de interesse do público de relacionamento da empresa. Assim, ele pode ser estimulado, desenvolvido e motivado ainda mais, o que aumenta as chances de sucesso da organização.

Para um uso eficiente da rede social corporativa, compartilhe inovações, conquistas, reportagens com cases de outras empresas e tudo o que for interessante para seu público interno. Também existe a opção de postar links de outros grupos e você ainda pode compartilhar vídeos.

Fique atento aos cuidados que devem ser tomados ao gerenciar uma rede social corporativa e tenha a certeza de que este é um ótimo diferencial para elevar a comunicação da organização.

Se você gostou deste post, conheça também as ferramentas de recrutamento e seleção no LinkedIn.


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment