Qual o papel do líder para realizar uma boa gestão de equipe?

O líder é o elo mais forte entre seus colaboradores e os objetivos da empresa, pois a diferença entre o sucesso e o fracasso da organização é determinado pela forma como as instituições selecionam, treinam e gerenciam seus talentos.

A área de recrutamento e seleção entende o quanto é importante estar preparada e selecionar o perfil mais adequado para assumir essa função, pois não é uma tarefa simples.

As empresas demoraram muito tempo para perceber que seu maior patrimônio são os seus recursos intelectuais. Investir em um bom clima organizacional, no bem-estar dos colaboradores e na melhoria dos processos são alguns dos caminhos para engajar e reter os melhores talentos.

Para atingir esses objetivos, o líder se torna figura primordial. Sua função principal é inspirar e motivar seu time, extraindo e desenvolvendo o melhor de cada um, criando um clima amistoso, com o propósito de direcioná-los para um melhor desempenho no alcance das metas e conquistas da organização.

Neste texto, vamos mostrar a importância do líder na gestão de equipe e quais qualidades são necessárias para que o profissional exerça essa função com competência e efetividade. Continue a leitura!

Qual é o papel do líder em uma organização?

O líder tem um papel fundamental para o crescimento da empresa, mas sua primeira qualidade precisa ser a compatibilidade com a cultura organizacional, para que ele exerça a função com maestria e seja um bom influenciador de todos os membros de sua equipe.

Um dos sinônimos da palavra líder é “orientador”. Portanto, esse profissional deve possuir conhecimento operacional e, assim, criar estratégias e melhores práticas junto com a equipe, orientando-a para o alcance de melhor qualidade nos processos, maior produtividade e comprometimento com os resultados.

Para exercer uma boa liderança, é necessário que o profissional seja paciente, compreensivo e tenha discernimento para tomar sempre as melhores decisões, baseado no conhecimento de sua equipe e na missão e valores da companhia, prezando sempre pela harmonia entre as partes.

Como é possível realizar uma boa gestão de equipe?

Para gerir colaboradores e transformá-los em uma equipe de alta performance, o líder precisa de inteligência emocional e sensibilidade para sanar dificuldades de relacionamento entre os liderados, habilidade para interagir bem com o grupo e ser um facilitador na execução das tarefas.

Essas qualidades são internas e devem fluir naturalmente no dia a dia do líder. Mas, para liderar com resultados, são necessários outros fatores que influenciam no desempenho do setor e, automaticamente, nos objetivos positivos da empresa:

  • conhecer cada membro da equipe;
  • acompanhar o trabalho de cada um e o resultado apresentado;
  • dar feedbacks constantes;
  • delegar tarefas com sabedoria e equilíbrio;
  • ajudar a aprimorar as habilidades dos colaboradores;
  • manter-se atualizado;
  • construir um ambiente em que todos consigam visualizar a importância de sua função e produzir com mais eficiência.

Quais são as principais atribuições que tornam o gestor um líder competente?

Algumas pessoas nascem líderes, enquanto outras precisam aprimorar suas habilidades para exercer a função. Para se tornar um líder competente nos tempos atuais, independentemente de ter nascido ou não com essas qualidades, são necessárias as seguintes atribuições:

Saber lidar com as pessoas

Liderar pessoas é um grande desafio a ser superado. Para exercer essa função com sabedoria, é preciso conhecer cada indivíduo, ter empatia e estar sempre aberto ao diálogo. Os membros da equipe devem confiar em seu líder, portanto, esse gestor precisa inspirar e motivar seu time.

Um profissional com perfil de liderança deve ser paciente, compreensivo e ter discernimento para tomar as melhores decisões e impulsionar seus colaboradores.

Em um cargo como esse, é muito importante prezar pela comunicação interna, para que não haja ruídos no setor, e evitar conflitos desnecessários — o que pode prejudicar na execução das tarefas e na unidade da equipe.

Reter os talentos

Os melhores profissionais só permanecerão na empresa se tiverem líderes inspiradores, que respeitem e estejam atentos às necessidades de cada indivíduo e da equipe. É preciso que sejam capazes de criar as melhores estratégias e engajar seus colaboradores nos planejamentos.

Fazer com que os funcionários se sintam valorizados e estimular sempre seu desenvolvimento, criando o melhor ambiente para seu bem-estar e produtividade, são atitudes importantes na retenção de talentos.

Garantir a produtividade

A proatividade do líder e seu conhecimento operacional são fatores motivacionais para que seus liderados estejam sempre comprometidos na execução de suas atividades com excelência.

Desenvolver os pontos fortes e minimizar os pontos fracos dos profissionais garante a pessoa certa no lugar certo, assim como estabelecer metas possíveis e acompanhar sua execução gera talentos confiantes e aumenta a produtividade.

Manter um bom clima organizacional

A interação com a equipe e o zelo pela comunicação eficiente transformam setores operacionais em áreas estratégicas dentro da organização.

O papel do líder é manter o bom clima organizacional, evitando conflitos que possam influenciar no bom desempenho do time.

Estar sempre atento ao cumprimento da missão, visão e valores da empresa, sem perder o foco nas necessidades de seu time, cria confiança, credibilidade, motivação e engajamento dos colaboradores envolvidos.

Neste texto, você compreendeu que uma gestão de equipe é muito mais do que salários e benefícios financeiros — é uma relação entre pessoas que precisam interagir de forma alinhada e transparente.

O papel do líder na organização não está limitado a designar tarefas ou responder pela equipe. Um gestor competente deve ser responsável por construir relacionamentos e desenvolver pessoas, potencializar suas qualidades e aprimorar suas dificuldades.

Ao enxergar cada talento como pessoa única e deixar isso evidente, a automotivação será responsável pela boa qualidade dos serviços prestados. Essas atitudes transformam um ambiente de trabalho operacional em um clima organizacional feliz e comprometido.

Se você é responsável por uma gestão de equipe, antes de pensar nas metas, enxergue cada pessoa que está ao seu lado ajudando no resultado da empresa, forneça a cada uma as ferramentas desenvolvedoras de seus talentos e construa parcerias.

Dessa forma, você será recompensado com comprometimento e motivação — e a consequência será o alcance dos objetivos corporativos.

Se este artigo foi importante para o seu desenvolvimento, deixe seus comentários ou dúvidas sobre o papel do líder na nova gestão de equipe.

Gestão de RHPowered by Rock Convert

About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment