O futuro do RH: como a organização pode se preparar desde agora?

A sua empresa já tem feito a reflexão de como será o futuro do RH? As mudanças já têm sido percebidas no cotidiano e na operação das equipes, assim como nos modelos de gestão. As decisões estão cada vez mais associadas aos dados e o que eles traduzem sobre a empresa.

Os recursos tecnológicos têm permitido conhecer melhor as pessoas e acompanhar seu trabalho de perto, otimizando ao máximo a operação. Além disso, no cotidiano há o suporte de ferramentas inovadoras que tornam as rotinas mais dinâmicas e estratégicas, eliminando tarefas que pouco agregam ao desenvolvimento das organizações.

O futuro do RH já pode ser visto por quem se prepara desde já. Neste post você entende mais sobre essa perspectiva e percebe como sua empresa pode se preparar para essas mudanças. Confira!

Qual o futuro do RH?

Há muitas reflexões sobre o futuro do RH, mas todas elas têm uma certeza em comum: a forte presença da tecnologia como recurso central do trabalho. Seja com dados, seja em ferramentas de automação, são esses caminhos que permitirão às equipes ter total controle sobre o desempenho de suas demandas e também no monitoramento da produtividade do colaborador.

A gestão estratégica já é uma realidade muito comum a qualquer empresa. Ela propõe uma atuação voltada para alcançar metas que vão gerar o desenvolvimento da organização. Em meio a isso, a tecnologia é vista como a base da otimização da gestão e da operação, sempre proporcionando maior controle e eficiência.

Otimização na hora de executar demandas

A tecnologia tem em suas principais ofertas atuais a possibilidade de automatizar tarefas. No RH, isso representa o fim da delegação de colaboradores para realizar trabalhos manuais e mecânicos que são importantes, mas demandam tempo excessivo e não precisam de tanto raciocínio. Um bom profissional tem qualificação para ter influência estratégica na empresa, aplicando sua experiência e seu conhecimento em decisões que realmente farão a diferença.

A automação possibilita que sistemas realizem esses trabalhos mecânicos, gerando produtividade e permitindo que o profissional de RH se volte para demandas estratégicas. O colaborador se foca somente nos trabalhos em que máquinas não podem substituir a capacidade do ser humano.

No futuro, a tendência é que cada vez mais tarefas possam ser automatizadas e essa é uma perspectiva concreta. Por isso, consequentemente será exigido ainda maior qualificação do profissional.

Monitoramento por meio de dados

O uso de dados também já tem aplicação e deve ser uma das principais características no futuro do RH. São informações coletadas no cotidiano da empresa, no currículo de um candidato e nos resultados gerais do negócio, sempre com a proposta de entender o desempenho.

Para realizar esse trabalho, ferramentas específicas ajudam a transformar esses conteúdos em informações concretas, que vão guiar as tomadas de decisão dos gestores. Isso vai permitir escolher o melhor candidato, entregar um feedback mais detalhado e direcionar melhor os colaboradores para que rendam mais no cotidiano.

Muito se fala sobre os dados já serem um dos principais ativos que uma empresa tem. Sendo assim, é fundamental que, desde já, as organizações se posicionem para ter os melhores recursos, como plataformas de BI e sistemas de gestão voltados para o RH.

Como a organização pode começar a se preparar?

Uma transição saudável e competente para o futuro começa agora. As empresas precisam se preparar desde já se querem ter resultados de destaque mais à frente, quando a tecnologia será a base tanto da gestão quanto da operação. Essa será a realidade na qual não há como e nem por que fugir, por isso, o trabalho de adequação é fundamental.

A seguir, entenda como essas mudanças podem ser iniciadas no momento atual. Veja como a organização precisa se posicionar para adequar seus processos e, principalmente, envolver os colaboradores nessa jornada de transição.

Estruturar a empresa a partir da tecnologia

Muitas empresas já se encontram adequadas e no caminho certo para um horizonte não tão distante quando se trata de tecnologia. O futuro do RH está totalmente baseado no digital, além do trabalho de coleta, estruturação e análise de dados, especialmente em larga escala com o big data.

A melhor forma de antecipar essa transição é contar com soluções baseadas nesse conceito a partir de já. Boas ferramentas de BI ajudam a fazer a coleta desses dados e trabalhar para que eles se tornem informação. Além disso, plataformas voltadas para o RH ajudam a monitorar colaboradores e a contratar com maior precisão, gerenciando todo o processo seletivo.

Desmistificar a presença da tecnologia

É preciso ter um entendimento de que alguns profissionais de RH não estarão confortáveis com a chegada de novos recursos, uma vez que são pessoas com perfil menos tecnológico. No entanto, os desenvolvedores sempre pensam na entrega de plataformas intuitivas e muito simples. É parte do trabalho da empresa desmistificar o uso desses recursos, mostrando que eles são realmente fáceis e, no cotidiano, trarão benefícios muito importantes à operação e gestão.

Nesse sentido, também é fundamental às companhias se apegar apenas ao que vai ser decisivo para a atuação do time de RH. É importante pensar na tecnologia como algo essencial para uma empresa modernizada, mas também é necessário ser preciso na hora de escolher com quais recursos trabalhar no dia a dia.

Treinar colaboradores e engajá-los

Depois dessa decisão sobre quais softwares e ferramentas serão realmente úteis para a empresa, é hora de preparar os colaboradores para a nova realidade. Os treinamentos são fundamentais para que a transição seja menos impactante possível e que realmente resulte em desempenho.

Além disso, outro ponto importante do trabalho é o engajamento quanto à necessidade de aplicar a tecnologia no cotidiano. O colaborador deve ser introduzido à sua nova realidade sempre com dados e informações que o ajudem a perceber como as mudanças serão vantajosas.

Por que contar com o Compleo nesse processo?

O Compleo é uma empresa referência em soluções para RH, sempre com o foco em plataformas que facilitem o trabalho em uma demanda fundamental do setor: recrutamento e seleção. Suas ferramentas ajudam gestores e colaboradores a detectar os melhores talentos do mercado e, na continuidade do processo, decidir quem realmente está pronto para o cargo.

Hoje, o Compleo tem dois produtos principais no suporte à gestão e execução de processos de recrutamento: Compleo Vídeo e Compleo ATS. O primeiro é uma ferramenta para fazer entrevistas em vídeo com suporte da inteligência artificial, enquanto o segundo é uma plataforma completa para conduzir todo o processo de seleção.

O futuro do RH está totalmente ligado à tecnologia. Se a sua empresa entende isso hoje, mais à frente conseguirá se manter competitiva e gerar resultados cada vez melhores.

Entre em contato com o Compleo para conhecer melhor nossas soluções!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment