Lead time de contratação: entenda o que é e por que é importante

O termo lead time é originário da Engenharia de Produção e significa “o tempo decorrente da chegada de uma solicitação efetuada por um cliente até que seja entregue”. Assim, o lead time de contratação refere-se ao período entre o início e o fim de um processo seletivo.

Avaliar o prazo empregado no processo de admissão de novos profissionais significa diminuir o tempo de contratação, gerando menos ociosidade de ativos e investimentos parados, além de custos mais reduzidos para sua empresa.

Mas como o lead time funciona para a contratação de novos colaboradores?

Lead time é o tempo de espera entre o início da primeira atividade, ou seja, solicitação do setor para a contratação de um profissional, até a conclusão do processo seletivo, que é a efetivação do candidato.

Sendo assim, esse tempo se relaciona com os processos de RH e envolve:

  • apuração do descritivo da vaga;
  • aprovação do perfil traçado para a vaga;
  • divulgação;
  • captação de talentos;
  • recrutamento e seleção;
  • entrevistas finais;
  • contratação.

Esse processo auxilia o gerente responsável pela contratação na área de RH a pensar no tempo empregado em cada fase, ou seja, do pedido até a chegada do profissional ao setor solicitante.

Como calcular o lead time de uma contratação?

Nesse momento, cada caso é um caso, uma vez que cada vaga exige um tempo para se encontrar o candidato ideal. Enquanto que para funções operacionais o lead time geralmente é menor, para ocupações mais estratégicas o período à procura do perfil ideal pode dobrar.

Portanto, não há uma fórmula pronta para ser usada no cálculo do lead time. A determinação varia de acordo com o perfil da vaga e a qualificação esperada do profissional. Esses itens podem ser utilizados em diferentes etapas, como veremos a seguir.

Etapa 1

O primeiro passo é fazer uma lista com todos os atributos exigidos para a vaga, isto é, todas as competências necessárias para assumir a função.

Etapa 2

Estabelecer o prazo para captar os candidatos que tenham as competências necessárias para desenvolver a etapa 1. Por exemplo, conseguir um profissional que fale três idiomas vai demandar mais tempo do que aquele que fale somente o português. Tudo deve ser colocado numa planilha, a fim de mensurar uma média de tempo.

Além disso, se você trabalha de segunda a sexta-feira, precisa acrescentar os dois (2) dias do final de semana ao tempo de entrega.

Por exemplo, quatro (4) dias para recrutamento + dois (2) dias do final de semana.

Etapa 3

É o momento de adicionar o tempo de espera para as entrevistas coletivas e individuais ao lead time. O total entre as duas entrevistas finais será o lead time estimado para a entrega do trabalho.

otimizar lead time

Resultado final

Some todas as horas investidas nos processos específicos para cada contratação e converta em dias. Por exemplo: Um (1) dia para fazer o levantamento do descritivo da vaga + três (3) dias para divulgação + três (3) dias para o recrutamento + um (1) dia para entrevistas coletivas + um (1) dia para entrevistas individuais + dois (2) dias para final de semana + uma (1) hora de entrevista com a chefia imediata = 11 dias e uma hora.

 

O que você achou deste artigo sobre lead time de contratação? Deixe seu comentário!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment