Geração Z: saiba como preparar o RH para atrair estes candidatos

Com a evolução das empresas no que diz respeito à gestão de pessoas e à tecnologia, o RH precisa atualizar-se constantemente e atrair os talentos mais adequados para a organização e preparar-se ainda mais antes de recrutar a geração Z, um novo perfil de profissional que se apresenta para o mercado de trabalho.

Eles têm muita disposição para o trabalho e gostam de ser elogiados, receber feedbacks e um bom salário por isso. Como não se prendem à empresa, eles são motivados pelo desenvolvimento que a organização pode oferecer, caso contrário, mudam de local, de carreira e o que mais desejarem. Portanto, essa é uma missão bem complicada!

Neste post, vamos ajudar o RH a lidar com a geração Z, como se preparar para atrair e lidar com esse perfil de colaborador e criar times criativos e engajados. Confira!

O que é a geração Z?

Nascidos entre o final dos anos 90 até 2010, esses jovens cresceram com a visão de que a tecnologia é parte integrante de seu mundo, portanto as redes sociais são as formas mais fáceis de encontrá-los, pois a maioria deles prefere a interação virtual.

Eles terminaram o Ensino Médio e muitos estão nos primeiros períodos da faculdade. Vivenciaram uma época de muitas mudanças, tanto no planeta quanto tecnológicas, onde a internet é a ferramenta ideal para resolver todos os seus problemas de forma rápida.

São pessoas ansiosas e imediatistas criados, na maioria das vezes, sem uma hierarquia familiar definida, onde eles enxergam seus pais como pessoas comuns e não como líderes e isso se reflete na forma como eles visualizam o ambiente corporativo.

A melhor parte dessa geração é que eles desejam mudar o mundo e são muito criativos! Respeitam bem mais o planeta do que seus antepassados e, em sua maioria, buscam soluções para uma vida mais saudável, divertida, ética e transparente, além de serem engajados em projetos de responsabilidade social.

Uma geração que preza pela autenticidade, interatividade e simplicidade, que entende e respeita as diferenças de gênero, idade e classe. Pessoas que têm aplicativos como suporte para a tomada de decisões, tornando suas tarefas mais ágeis e práticas.  

Para que as empresas ganhem sua admiração e respeito precisam ser verdadeiras no que praticam e os líderes devem seguir a mesma linha, pois essa é uma geração que preza pela verdade das informações e não tem medo de expor a sua verdade.

Quais empresas se encaixam no perfil dessa geração?

A pergunta parece contraditória, mas é bem assim que um gestor de RH deve pensar antes de programar um processo seletivo para esse grupo, pois suas características singulares são um desafio para qualquer empresa.

Digitais

Por terem um smartphone como sua companhia por 24 horas, esses jovens possuem respostas imediatas e são capazes de programar toda a sua vida profissional e pessoal por meio de aplicativos, utilizando-os para aprender, interagir e resolver.

Sua familiaridade com o mundo digital é a grande vantagem desses jovens, pois, aliada às suas mentes criativas, são capazes de revolucionar as empresas por onde passam com ideias inovadoras e estratégicas capazes de alavancar indicadores importantes da produtividade.

Empresas ligadas à tecnologia e programação são atrativas para essa geração, que se dedica de corpo e alma por estar em um ambiente muito comum entre eles.

Multitarefas

Por conseguirem desempenhar várias atividades ao mesmo tempo e absorverem uma grande quantidade de informações, eles não lidam muito bem com locais onde só conseguem desempenhar uma mesma tarefa por horas consecutivas.

Instituições que promovam desafios constantes e trabalhos em várias funções fazem os olhos dessa geração brilhar.

Conscientes

Eles valorizam o equilíbrio entre a qualidade de vida pessoal e profissional muito mais do que as gerações anteriores que viviam somente para o trabalho. Portanto, para que uma empresa seja interessante para esse profissional precisa atualizar suas políticas internas, principalmente no que diz respeito aos horários de trabalho, escala flexível é um dos atrativos para esses profissionais.

Parceiros

Com as mudanças já vistas em algumas empresas, a hierarquia horizontal é um fator positivo para essa geração que não foi criada para receber ordens e sim para ser liderada de forma direta e objetiva.

Para ser considerado um bom líder, o gestor deve conduzir um time Z com feedbacks constantes e aconselhamento, pois eles são muito questionadores e querem saber se estão no caminho certo.

Eles gostam de criar sua melhor forma de trabalho e nem sempre essa atitude é compatível com a rotina da empresa, portanto diálogo e adequação são fundamentais.

Empresas que cultivam a cultura, missão e valores no dia a dia são bem-vistas pelos “Zs”. Além disso, eles precisam entender o porquê de sua função na organização e querem ter liberdade para dar sugestões, criar e participar ativamente das decisões, desejam autonomia com pertencimento.

Misturar a geração Z com as demais estimula a inovação, além de elevar o clima organizacional das empresas, pois a sua maioria é bem humorada e cultiva a interação entre as pessoas.

Para contratar os talentos dessa geração é necessário que o RH invista em processos seletivos com entrevistas por vídeo, pois eles são extremamente visuais e, para retê-los, treinamentos focados em sua geração que estimulem seu desenvolvimento e um planejamento de carreira capaz de introduzi-lo em vários setores é uma boa estratégia.

A maioria das empresas precisa desses profissionais, assim como essa geração está ansiosa para ingressar no mercado de trabalho, portanto a adaptação é mútua e deve ser cultivada de forma leve e constante, para que esses profissionais se engajem e contribuam com inovação, otimização e produtividade.

O RH deve buscar ferramentas tecnológicas e atualizações constantes para contratar e manter um relacionamento saudável e feliz com a geração Z, pois ela tem muito a oferecer. Sua imaturidade profissional precisa ser lapidada a fim de contribuírem cada vez mais com o crescimento das empresas e nada como um RH humanizado para desempenhar essa tarefa da melhor forma.

A geração Z tem muito a nos ensinar, mas se você deseja sair na frente, siga-nos nas redes sociais — Facebook, LinkedIn e Twitter — e aprenda muito mais!

Gestão de RHPowered by Rock Convert

About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment