Gamificação nas empresas: saiba o que é e quais os benefícios

Nos dias atuais, não basta apostar nos processos antigos e enferrujados. Eles não estimulam os profissionais nem geram resultados fora do lugar-comum. É necessário investir em métodos mais modernos, como a gamificação nas empresas.

Diversas organizações, munidas desse método, conseguiram multiplicar os seus resultados em termos de treinamento, engajamento e criatividade do time de trabalho, apenas para citar alguns exemplos. Sem contar, é claro, o aumento da competitividade de toda a organização.

Nos próximos tópicos, vamos explicar o que é gamificação, quais os seus benefícios e como colocar essa técnica em prática. Portanto, continue a leitura com atenção!

Afinal, o que é gamificação nas empresas?

O termo gamificação vem do inglês “game”, referindo-se aos jogos de videogame. É também chamado de ludificação, reportando-se à integração de elementos lúdicos (de jogos) para tornar os processos diários mais descontraídos, produtivos e acertados.

De maneira mais simples, gamificação é a inserção de técnicas de jogos nos processos tradicionais, objetivando torná-los mais modernos  e estimulantes.

Há uma série de processos que podem passar pela gamificação. O treinamento do time de trabalho, por exemplo, pode contar com jogos e dinâmicas em grupo, onde os talentos precisam somar pontos para concluir a atividade e obter o primeiro lugar.

Já na área comercial, cada venda feita gera um ponto — que o vendedor acumula para ganhar o troféu de “melhor vendedor”. Esses elementos lúdicos (troféus, rankings, medalhas, e assim por diante) são o que tornam a gamificação tão atraente.

No entanto, não pense que estamos falando da simples inserção de brincadeiras no trabalho. É preciso ter regras bem estabelecidas, objetivos desafiadores para os times e acompanhamento contínuo do superior imediato. Assim, a gamificação funciona.

Quais os benefícios ligados à gamificação?

Já parou para notar que, em boa parte das empresas, os profissionais não se sentem estimulados e nem satisfeitos com o trabalho? Por que? Os motivos podem ser vários, como os processos monótonos e repetitivos. A gamificação ajuda a mudar isso. Veja!

Maior estímulo aos profissionais

Por vezes, os talentos não se sentem estimulados para entregar bons resultados. Isso pode ser visto no nível de produtividade da equipe. Ao entrevistar 38 mil profissionais, a Microsoft descobriu que, ao menos, 17 horas semanais são improdutivas.

A falta de estímulo não afeta só o desempenho, mas também reduz a qualidade das entregas e o nível de satisfação no trabalho. Ou seja, há uma série de problemas que estão interligados. A gamificação pode reduzir ou até eliminar todos eles.

Aumento da criatividade do time

Se você insiste em fazer a coisa do mesmo jeito, com os mesmos processos que há anos fazem parte da empresa, dificilmente conseguirá resultados diferentes. Nesse sentido, a gamificação parece uma “rota alternativa” para atingir os resultados.

Os colaboradores são estimulados por meio de elementos lúdicos, o que os tornam mais criativos e permite o alcance de resultados fora do lugar-comum. Claro, essa criatividade deve ser bem administrada, para que se transforme em inovação.

Otimização da satisfação no trabalho

Sua equipe de trabalho está satisfeita? Talvez não: 56% dos profissionais estão insatisfeitos com o trabalho, aponta estudo. É provável que, em algumas empresas — em especial naquelas que têm um clima organizacional tóxico —, esse número seja muito maior.

O uso de técnicas de gamificação deixa os processos mais interessantes e divertidos, e os profissionais podem trabalhar como se estivessem em um jogo. Isso resulta em um clima mais ameno, além de influenciar o ânimo e a satisfação dos talentos.

“Asas” ao espírito de equipe

Há uma enorme diferença entre grupos de trabalho e verdadeiras equipes. No primeiro caso, há um coletivo humano; no segundo, um conjunto de pessoas que compartilham do mesmo propósito, ânimo e têm habilidades complementares.

A integração de jogos no ambiente de trabalho permite que os profissionais se aproximem, planejem em conjunto e colaborem para que os melhores resultados sejam alcançados. Sendo assim, os talentos podem se reconhecer como um time.

Incentivo a uma competitividade saudável

Até certo ponto, a competitividade pode ser de enorme importância para o sucesso da empresa e das equipes de trabalho. Quando os profissionais competem de maneira saudável entre si, entregam melhores resultados e adquirem novas habilidades.

Nesse quesito, a gamificação é a ferramenta certa. Ela permite que os colaboradores ou equipes disputem por certas recompensas (como uma viagem de incentivo) e evoluam ao longo do processo. Para que nada saia do controle, são necessárias regras claras.

Perfil mais competitivo para a empresa

Todos os benefícios citados até aqui são de primeira ordem, ou seja, a gamificação tem um impacto direto sobre eles. Mas há uma vantagem de segunda ordem: com talentos mais satisfeitos, criativos e estimulados, toda a empresa se torna mais competitiva.

Em um mercado repleto de concorrentes e que muda a todo instante, é essencial contar com um negócio competitivo. Isso significa a sobrevivência no mercado, além de melhores margens e desenvolvimento. Então, no fim, todo negócio é beneficiado.

Como implementar a gamificação nas empresas?

Primeiro, é preciso definir o processo que passará pela gamificação: ele pode estar presente nos mais diversos setores da empresa, como o comercial ou RH. A gamificação, em geral, é conduzida pelo próprio setor de Recursos Humanos.

Imagine que escolheu o processo de venda. O segundo passo é estabelecer o objetivo desejado, como vender R$ 200 mil no mês. Feito isso, é preciso integrar elementos lúdicos, como ranking dos melhores colocados ou medalhas destinadas ao alcance de metas menores. Ainda, é preciso criar a regras que definirão os limites do game.

Como em todo jogo, no final, é preciso uma boa recompensa para os melhores colocados. O estímulo certo pode variar de acordo com o estilo da equipe de trabalho e o desafio proposto mas, em geral, viagens de incentivo são ótimas premiações.

Definido o objetivo, os elementos lúdicos, as regras e recompensas do jogo, é hoje de colocar a “mão na massa”. Convoque o time e explique tudo. Tenha certeza de que todos entenderam e que possuem as ferramentas certas para competir de igual para igual.

Como você pode ver, há uma série de benefícios ligados à gamificação nas empresas. Desde o estímulo das equipes, aumento da criatividade até o aumento da competitividade de todo o negócio. Por causa disso, é interessante colocar essa estratégia em prática.

Gostou do nosso artigo, certo? Aproveite para aprender mais sobre liderança de pessoas e incentivos no ambiente de trabalho. Assine nossa newsletter e receba as novidades diretamente em seu e-mail. Vamos lá!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment