Entrevistas de candidatos: como acelerar esse processo?

Antigamente, o processo de recrutamento e seleção era muito mais raso. Bastava divulgar um simples anúncio, receber o candidato para entrevista e avaliar seu histórico profissional. Porém, os tempos mudaram. As empresas apresentam necessidades cada vez mais específicas e, com isso, novos recursos e ferramentas entraram em cena.

Agora, é preciso muito mais que uma simples conversa. Habilidades são testadas, qualidades são exploradas e talentos são descobertos: sem essas constatações não há possibilidade de qualquer contratação. Contudo, essa mudança significa um investimento a mais para a organização que, em um cenário de crise no país, também precisa economizar.

Por isso, vamos mostrar neste artigo como acelerar o processo de entrevistas de candidatos, com foco na contenção de gastos, na otimização de tarefas e na economia de tempo. Tenha atenção, pois as dicas são simples e de fácil aplicação na realidade de sua empresa.

Elabore um processo seletivo estratégico

Antes de definir as ferramentas utilizadas no recrutamento é preciso definir um planejamento a respeito do processo de seleção. Ele deve conter quais são os cargos disponíveis para contratação, descrição do perfil profissional desejado, datas para entrevistas e divulgação, atividades e critérios que serão avaliados.

Dessa forma, tanto o setor de RH quanto a gestão e os candidatos conseguem se informar a respeito do processo, para um melhor preparo. Esta ação é extremamente importante para que tudo seja realizado de forma organizada e para que erros sejam evitados.

Além disso, será mais fácil lidar com imprevistos e atrasos, fatores que mais prejudicam o processo de entrevistas. Não se esqueça de que para elaborar este plano, o RH também precisa se organizar e fazê-lo com antecedência, do contrário, muitos pontos importantes podem ficar de fora e o trabalho não mostrará qualidade.

Faça uma boa divulgação

Depois que o planejamento for elaborado, é interessante preparar um bom anúncio para divulgar o processo seletivo nos canais certos. Afinal, para que candidatos se interessem rapidamente e as entrevistas comecem logo, é preciso atingir o público-alvo com precisão.

Os canais de divulgação podem ser escolhidos de acordo com o nível do cargo pretendido. Cargos mais simples podem ser anunciados em jornais, classificados online e em redes sociais de maior abrangência. Cargos mais altos, que envolvam gestão e liderança, devem contar com a ajuda de uma empresa especializada que ajude em uma busca mais aprofundada no mercado.

Adote softwares e plataformas de vídeo

As entrevistas são o processo mais demorado do recrutamento. É necessário marcar horários, receber candidatos e ainda passar muito tempo em reunião, para conversar e conhecer cada um deles. Por isso, recorrer a softwares e plataformas de vídeo para esse fim é uma excelente opção.

Com um investimento acessível, o sistema contratado é desenvolvido de acordo com as necessidades da empresa e abriga funcionalidades de fácil entendimento tanto para o recrutador quanto para o candidato. Os resultados são eficientes e o processo de triagem é reduzido rapidamente, fazendo que somente entrevistas presenciais necessárias sejam agendadas.

Com a ajuda dessas tecnologias, é possível solicitar ao candidato uma gravação em que ele se apresente e responda ao questionário de praxe de uma entrevista. Depois, é preciso analisar com calma o material, avaliando se o concorrente possui o perfil da empresa.

Por meio do vídeo, diversos fatores são analisados com muito mais precisão: a capacidade de comunicação, a desenvoltura, a postura e, até mesmo, as habilidades em línguas estrangeiras.

O vídeo também pode ser compartilhado com vários colaboradores da empresa. Sendo assim, gestores, líderes e a equipe do setor poderão deixar seu parecer a respeito e contribuir para a conclusão do RH.

Esse recurso também é perfeito para economizar com ligações e impressão de dados, melhorando o fluxo e a gestão de pessoas envolvidas no processo.

Durante as entrevistas de candidatos, atente para a linguagem não verbal

Em entrevistas presenciais ou por vídeo, é importante observar alguns detalhes na gravação do candidato. O mais importante deles é a chamada linguagem não verbal. Por meio de uma conversa, você pode perceber muitas coisas sobre o candidato, mas deve se lembrar de que ele provavelmente estará bem preparado e saberá o que dizer.

A linguagem não verbal, porém, mostra bastante de suas intenções e pode acelerar o processo de triagem. Se a pessoa está largada, desvia os olhos do computador, no caso de entrevistas em vídeo, ou se senta de qualquer maneira, isto pode indicar certo desinteresse pelo processo.

Porém, quando ela se senta de forma ereta, gesticula de maneira moderada e se mostra à vontade diante das perguntas, considera-se que ela está realmente disposta a encarar o desafio. É necessária uma grande capacidade de observação e análise por parte do recrutador, pois qualquer interpretação errada pode desperdiçar um excelente profissional.

Portanto, invista em um treinamento para que a equipe de RH esteja preparada para esta etapa de cunho analítico. As entrevistas em vídeo passam pela mão de muitas pessoas e contribuem para que esse detalhe seja avaliado de forma mais eficaz, mas se a entrevista for presencial e feita com apenas algumas pessoas, atenção extra é essencial.

Cuide da imagem da empresa e do contato com os candidatos

Além dessas providências, considere também que uma empresa fica conhecida devido a seus processos internos. Quanto melhor for a organização e a praticidade de uma entrevista, mais candidatos ficarão interessados e mais rapidamente o processo seletivo começa, repleto de novas possibilidades.

É importante manter o setor de Recursos Humanos atualizado com dispositivos que deixem o candidato mais tranquilo e seguro para a entrevista. Mais do que oferecer benefícios, é fundamental mostrar consideração pelos interessados, mesmo com os que não se encaixarem no perfil desejado.

Se em alguma das etapas do processo seletivo demandar a interferência de serviços terceirizados, procure contratar uma empresa parceira que adote os modos da sua organização e compreenda suas exigências. Assim, os processos caminharão no ritmo correto e sua empresa manterá a reputação.

Essas são apenas as dicas principais para acelerar o processo de entrevistas de candidatos. É claro que, de acordo com o posicionamento da empresa, outros fatores podem ser acrescentados e ajustados. Se você gostou deste artigo e acha que o conteúdo pode ajudar outras pessoas a otimizarem os processos seletivos de suas organizações, compartilhe nas redes sociais!

e-book sobre como Entrevistar


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment