Employee Experience: entenda esse conceito!

O que explica o fato de que algumas pessoas têm verdadeira paixão pela empresa em que trabalham e outras demonstram claramente que estão ali apenas para receberem o seu pagamento?

Essas condutas completamente opostas estão relacionadas ao nível de envolvimento emocional do indivíduo com a organização — e esse é um fator determinante para que a experiência de trabalho seja prazerosa ou não. Nesse sentido, por meio do Employee Experience, as empresas tentam proporcionar a experiência profissional certa para cada perfil de funcionário.

Neste artigo, apresentamos o que é Employee Experience, como ele funciona, por que é importante para o negócio, além de dar as dicas sobre como implantar esse conceito em sua empresa e ter bons resultados com isso. Continue a leitura e confira!

Afinal, o que é Employee Experience?

Basicamente, trata-se de um termo derivado do inglês que significa experiência do colaborador. Assim, o emprego desse conceito na rotina do RH começou quando esses profissionais passaram a perceber a importância da experiência do colaborador como um todo para a devida valorização do capital humano de um empreendimento e para o sucesso do negócio em geral.

Como funciona?

Por meio do Employee Experience, os profissionais da área de recursos humanos devem acompanhar alguns fatores relevantes, como:

  • a percepção e o sentimento dos colaboradores em relação ao trabalho;
  • os desafios e os maiores problemas enfrentados;
  • os níveis de satisfação e outras variáveis que interfiram de alguma maneira.

Então, esse acompanhamento viabiliza ao departamento de RH a criação ou a otimização de estratégias para melhorar o bem-estar dos colaboradores dentro do ambiente de trabalho.

Por que o Employee Experience é importante para a empresa?

Quando analisamos o que é Employee Experience, fica claro que essa tendência tem como foco o colaborador — e não a organização —, embora certamente a empresa colha os frutos desse tipo de mindset. Portanto, entenda por que ele é tão importante e tem revolucionado as corporações.

Ajuda a recrutar e a reter talentos

O Employee Experience acontece desde o momento em que um profissional se aplica para uma vaga em uma empresa e interage pela primeira vez com ela até a hora em que ele sai da empresa.

Justamente por isso, uma experiência de excelência ofertada ao colaborador também é um dos motivos para atrair e cativar candidatos experientes, visto que esses perfis se interessam tanto pelas propostas do negócio quanto pela preocupação e pelo relacionamento que a organização tem com seus funcionários.

Como nas empresas que adotam essa tendência a satisfação é uma prioridade, um Employee Experience bem aplicado também é responsável pela retenção desses profissionais altamente qualificados. Isso porque as ações e o empenho realizados pelos profissionais de RH têm como objetivo a otimização da experiência de cada um dos colaboradores, tornando a vida e o ambiente na organização agradável para todos.

Promove o rápido desenvolvimento

As marcas que adotam a postura de posicionar os colaboradores em primeiro lugar experimentam um desenvolvimento mais acelerado. Essa visão também está atrelada ao maior engajamento do time.

Por sua vez, profissionais mais satisfeitos e engajados, trabalhando em um ambiente organizacional sadio, certamente darão resultados mais satisfatórios. Especialmente porque eles ficarão convictos de estarem evoluindo junto com o empreendimento.

Deixa a equipe mais motivada

Ainda que os talentos estejam em meio a uma grande diversidade de perfis profissionais, ter suas motivações pessoais é um fator central para a percepção de propósito e valorização.

Um ambiente mantido pelas práticas do Employee Experience gera automaticamente compreensão com as diferenças e um maior senso de empatia. Como resultado disso, a empresa conta com times mais unidos e motivados a trabalhar em conjunto em busca de resultados inovadores.

Como implantar o Employee Experience na sua empresa?

Afinal, como esse conceito efetivamente contribui para o engajamento de todo o time? Qual é o melhor caminho para estruturar uma cultura orientada para a satisfação dos colaboradores? Tudo isso é o que veremos em seguida. Acompanhe!

Compreenda o poder da experiência

Voltando ao conceito, o Employee Experience vai muito além de uma política de benefícios com o intuito de gerar o engajamento da equipe. A verdade é que a empresa oferece a chance real do colaborador crescer na carreira ligando-o a um propósito. Assim sendo, sua trajetória ganha empolgação e, sobretudo, significado.

Como forma de retribuição, o funcionário trabalha dando máximo em desempenho — e isso eleva a qualidade tanto dos seus serviços quanto de suas entregas. No entanto, é fundamental estruturar todo o ciclo de vida do colaborador para que o Employee Experience se consolide na organização.

Por fim, com uma experiência de trabalho bem definida, as demandas profissionais e psicológicas do funcionário serão atendidas desde o momento em que ele entra no processo seletivo para uma vaga na companhia.

Torne os colaboradores felizes e engajados

É natural que todas as pessoas desejem a felicidade; afinal, esse sentimento faz parte das necessidades básicas do ser humano. Diante dessa informação, a marca que se preocupa em promover o contentamento dos colaboradores tem mais chances de engajá-los.

Para tanto, os funcionários precisam enxergar um propósito nos seus serviços e notar que a organização se esforça em oferecer um ambiente personalizado e com foco em sua felicidade. É evidente que um escritório bonito faz muita diferença, mas o engajamento dos colaboradores está mais conectado a estímulos sociais e emocionais.

Crie uma estrutura de escuta

Com a otimização de um processo colaborativo proporcionado pelo Employee Experience, a empresa consegue coletar informações que revelam os anseios e as demandas dos veteranos e dos jovens.

Além disso, fica mais fácil acompanhar toda a trajetória da vida corporativa de um funcionário, desde a contratação até a data de sua saída. Esses dados servem também para demonstrar que tipos de experiências fortalecem o engajamento da equipe nos diversos ciclos da carreira.

Obviamente, cada um tem suas individualidades, mas também é possível observar padrões comuns. Assim sendo, com algumas adaptações, fica mais simples criar uma experiência holística que compreende estipular perfis de vivências de acordo com a personalidade, os desejos, as habilidades e a etapa de vida em que o profissional se encontra em determinado momento.

Por fim, adotar o Employee Experience envolve colocar uma das partes mais importantes no protagonismo dos negócios: os colaboradores. Sem eles, não há serviços, tampouco produtos e muito menos uma empresa que esteja apta a disputar um espaço no mundo corporativo.

Se você gostou de todos os benefícios que o Employee Experience é capaz de proporcionar ao seu negócio, entre em contato conosco agora mesmo. Será um prazer ter a chance de poder ajudar com essa incrível experiência!

About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment