Conheça os testes em RH mais comuns na hora de avaliar os candidatos

Os testes realizados pelo psicológicos RH fazem parte de qualquer processo seletivo bem-sucedido, assim como os de habilidades e os de conhecimentos técnicos. Essas ferramentas ajudam o recrutador a escolher o candidato que detém as características exigidas para o cargo e o mais alinhado com a cultura da organização.

Dessa forma, para ter sucesso no processo de contratação, os recrutadores devem avaliar as competências que vão além dos currículos. Neste post nós elencaremos os processos e os testes em RH mais comuns na hora de avaliar candidatos.

Acompanhe!

Testes em RH mais comuns

Entrevista

entrevista é considerada uma etapa extremamente importante para a seleção de um novo colaborador. Afinal, existem mais de 50 tipos de perguntas que o recrutador pode fazer para entender como o candidato se posiciona frente a situações já vividas e perceber como ele agirá em determinados momentos do dia a dia.

Nessa ocasião também será possível observar a postura, a apresentação pessoal, a interação social e outros comportamentos que podem dar pistas de como ele trabalha e colabora para o crescimento da empresa.

Testes de habilidades

Os testes de habilidades podem ser usados para processos seletivos de cargos específicos e para avaliar a proficiência em idiomas e a capacidade de raciocínio, de liderança e de negociação, por exemplo.

Esses testes ajudam o recrutador a analisar se o candidato tem as habilidades necessárias para o cargo ou se ele tem potencial para desenvolvê-las. Os testes de habilidades podem ser aplicados como provas situacionais, nas quais o candidato demonstrará na prática seu conhecimento e sua capacidade.

Testes de habilidades

Testes técnicos

O teste técnico é um recurso aplicado para avaliar o grau de conhecimento dos candidatos em cargos que exigem conhecimentos específicos. Esses testes podem ser realizados por meio de uma prova — que pode ser presencial ou online.

O recrutador pode fazer essa avaliação de conhecimentos específicos utilizando uma redação ou outro processo capaz de avaliar a capacidade de desenvolvimento do candidato e de colocar em prática o que aprendeu em instituições de ensino e em outras corporações.

Testes psicológicos

Os testes psicológicos são procedimentos de análise de características psicológicas do candidato e são complementares aos testes de habilidades. Eles exigem do recrutador uma visão mais experiente e cuidadosa — por isso, constituem um método de uso exclusivo de psicólogos.

Esses testes são procedimentos sistemáticos de observação e registro de amostras de comportamentos e respostas das pessoas com o objetivo de descrever e/ou mensurar processos psicológicos como emoção/afeto, cognição/inteligência, motivação, personalidade, psicomotricidade, atenção, memória, foco e outras.

Testes de aptidões sociais

O relacionamento interpessoal é uma competência essencial para que o candidato seja contratado. Afinal, dele será exigida uma interação com a equipe interna e, provavelmente, com os clientes.

Assim, é fundamental valorizar candidatos que têm essa competência, uma vez que sua ausência pode levar a um clima organizacional desfavorável. As dinâmicas em grupo tornam possível avaliar a capacidade de relacionamento entre os candidatos e suas reações diante dos obstáculos apresentados.

Testes de capacidade de desenvolvimento do candidato

Os testes psicométricos são usados para processos seletivos de cargos operacionais, técnicos e administrativos. Eles oferecem um diagnóstico futuro da capacidade de desenvolvimento do candidato. É importante que os testes sejam padronizados. Isso facilita a comparação dos resultados de diferentes pessoas.

Teste de talento para fazer apresentações

Para os cargos que exigem uma maior interação com os públicos de relacionamento, é fundamental realizar práticas que permitam avaliar se os candidatos possuem confiança, clareza, senso de improviso e carisma para as apresentações.

Para tanto, você pode promover uma simulação de atividade. Peça para que os candidatos apresentem soluções para determinados problemas e solicite que eles argumentem a lógica que usaram para essa defesa.

Testes de perfil comportamental

O perfil comportamental analisa o candidato a fim de identificar as competências necessárias exigidas pela organização. Esse teste tem um valor tangível e pode ser um diferencial na hora de formar uma equipe mais produtiva.

Atualmente, já estão disponíveis no mercado alguns softwares que permitem fazer o mapeamento de perfil comportamental do candidato. Eles definem as características do profissional e traçam bases de seu comportamento.

Testes psicológicos complementares

Os testes complementares acompanham a entrevista e as avaliações técnicas. Eles permitem que o recrutador analise e mensure características psicológicas do comportamento e da personalidade do candidato. Por requerer grande atenção, precisam ser aplicados por psicólogos e profissionais qualificados.

Eles tornam possível descrever e medir processos psicológicos de cada candidato em áreas como emoção, psicomotricidade, memória, atenção e outras.

São exemplos testes de psicologia complementares:

  • Bateria Fatorial da Personalidade: avalia aspectos como extroversão, depressão, socialização e abertura;
  • MBTI: avalia qual é a personalidade do profissional entre 16 tipos distintos;
  • teste palográfico: permite analisar a personalidade da pessoa com base no desenho de dois traços paralelos. A partir deles, o psicólogo analisa a personalidade do candidato com base em pressão, tamanho, qualidade do traço, inclinação, distância entre as linhas, entre outros aspectos;
  • teste de raciocínio lógico: mensura a capacidade de resolver problemas, interpretar textos e tomar decisões;
  • Teste DISC: revela o perfil comportamental profissional do candidato em diferentes ambientes. É a sigla dos 4 tipos de perfis: Dominante, Influente, Estável e Complacente;
  • Teste de QI: avalia o coeficiente de inteligência a partir de questões de lógica e raciocínio. Caso o cargo envolva cálculos e códigos, é uma das avaliações mais recomendadas;
  • Teste de Zulliger: revela os principais anseios e preconceitos do candidato considerando intelectualidade, personalidade, sociabilidade, objetivos de vida e relacionamentos interpessoais;
  • QUATI (Questionário e Avaliação Tipológica): revela preferências de comportamento, totalizando 16 tipos baseados no modelo de Jung. Mensura, de forma básica, introversão/extroversão, sentimentalismo/racionalidade, intuição/sensação, e empatia/egocentrismo;
  • atenção concentrada: mensura a capacidade do profissional se concentrar e manter o foco por determinado período de tempo para a realização de tarefas que exigem altos níveis de foco e concentração;
  • ADT (Inventário de Administração do Tempo): avalia a capacidade do candidato de utilizar seu próprio tempo em um dia de trabalho. São 96 perguntas, divididas em 16 áreas, cujas respostas permitem diagnosticar quanto tempo foi desperdiçado.
  • HumanGuide: mede a aderência do perfil do candidato com a equipe;
  • Teste Wartegg: analisa a personalidade do candidato a partir de avaliações de desenhos dispostos em um retângulo dividido em oito quadrados, sendo que cada um deles representa sentimentos que constituem a personalidade humana: angústias, energia, autoestima, afetividade, ambições, criatividade, empatia e sensualidade.

Testes de proficiência em inglês

O mundo está a cada dia mais globalizado e, por isso, dominar esse idioma é fundamental para aqueles candidatos que terão uma atuação mais estratégica dentro do negócio, ajudando a organização a expandir sua área de atuação.

Os testes de proficiência mensuram o nível de conhecimento do candidato na língua inglesa, considerando aspectos como gramática, escrita, interpretação, escuta e conversação. Por meio desse teste é possível afirmar se o candidato está apto para realizar as atividades do cargo, com eficiência e com o domínio necessário do idioma.

É importante ressaltar que existem opções no mercado que adequam o teste de proficiência à área de atuação da empresa contratante. Alguns deles são online e mais fáceis de serem aplicados — o que facilita muito a sua realização.

Tanto a entrevista como as avaliações complementares — que analisam os conhecimentos específicos e os traços mais pessoais do candidato — são importantes para a escolha do profissional mais adequado para o cargo e para a otimização do tempo durante o recrutamento.

No entanto, é preciso ficar atento: o que funciona para encontrar um profissional para determinada vaga pode não se aplicar para outro cargo. Nesse sentido, fórmulas prontas não funcionam. O ideal é personalizar os testes para aumentar as chances de contratar sempre o melhor candidato para os objetivos da organização.

Portanto, os testes psicológicos — aliados aos outros testes de recrutamento e seleção — são ferramentas que contribuem enormemente para os processos de seleção e tornam possível selecionar os candidatos mais aderentes ao cargo em aberto.

Automatização de Testes em RH

Além dos testes que vimos até agora, também existem alguns softwares que ajudam empresas a criar seus próprios testes — eles trazem resultados muito satisfatórios e precisos. Um exemplo que traz confiabilidade e praticidade na hora de avaliar candidatos é o Compleo ATS.

Esse software oferece vários recursos que podem ajudar a sua empresa a simplificar e a agilizar o processo de contratação de funcionários por meio da automatização de testes.

Como verificamos ao longo desse artigo, os testes têm como característica principal identificar as habilidades e a personalidade dos candidatos — fatores fundamentais para acertar contratação de profissionais alinhados com as expectativas da empresa.

Acertar na contratação do melhor candidato colabora para a redução os índices de rotatividade e, consequentemente, diminui os investimentos da empresa em novas seleções e treinamentos.

É preciso, portanto, unir o conhecimento sobre as habilidades técnicas e sobre o perfil psicológico do candidato para fazer os cruzamentos das informações e realizar a melhor escolha.

Se você gostou deste artigo sobre os testes técnicos e os testes realizados pelo psicológicos RH mais comuns na hora de avaliar candidatos, siga as nossas páginas nas redes sociais para ficar sempre por dentro das nossas publicações — estamos no LinkedIn, no Twitter e no Facebook!

e-book sobre como Entrevistar


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

8 Comments

  1. Dinorah

    / Responder

    Achei interesassante


  2. Edino Menezes Júlio Afonso

    / Responder

    Boa tarde gostei bastante da vossa explicação concisa no que concerne testes de prova em rh.

    gostaria que me explicassem sobre software de testes


  3. Jaqueline de Oliveira Vidal

    / Responder

    Olá sou Psicóloga há um tempo sem trabalhar em RH e pra mim foi muito útil a informação. Obrigada. Ah também gostaria de mais informações sobre o software.


  4. Neri

    / Responder

    Olá vcs tem algum software ou teste específico pra área hospitalar.


    • Noel Portugal

      / Responder

      Olá Neri, obrigado pelo interesse. Não temos um teste específico, mas dependendo da sua necessidade, pode ser adaptado.


Leave Comment