Como minimizar o esgotamento profissional dos colaboradores?

De repente, a vida de algumas pessoas parece não fazer sentido e elas começam a perceber sintomas como: alterações bruscas no humor que variam entre irritação, tristeza profunda e agitação; um cansaço que não passa após uma noite de sono e atitudes que não condizem com o seu comportamento. Tudo isso é reflexo do esgotamento profissional, e o caminho correto é buscar um tratamento para Burnout.

Neste post, apresentamos o que é Síndrome de Burnout, as principais causas, como é o tratamento e de que maneira evitar o esgotamento profissional dos funcionários da empresa. Continue a leitura e para saber mais!

O que é Síndrome de Burnout e quais as principais causas do esgotamento profissional?

A Síndrome do Esgotamento Profissional ou Síndrome de Burnout tem sido estudada desde a década de 60, e muita gente ainda confunde com diversos quadros emocionais. Em sua livre tradução, “burn” significa queima, e “out” exterior. Diante disso, é possível correlacionar a um pavio que se queima até se esgotar completamente.

Vivemos uma realidade sofrida por quase todas as profissões e mercados, e o estresse no ambiente profissional não é um mero achismo, mas sim um fato. Afinal, no trabalho, a maioria dos profissionais passa pelo acúmulo de tarefas, excesso de atividades e de cobrança, somados a uma boa dose de perfeccionismo e falta de outras ocupações que gerem prazer.

Como é o tratamento do esgotamento profissional?

Infelizmente, é comum que as pessoas não busquem ajuda médica por não terem conhecimento ou por não conseguirem identificar os principais sintomas. Dessa forma, diversas vezes, acabam por negligenciar a situação sem saber que algo mais grave pode estar acontecendo.

O tratamento para Burnout inclui, principalmente, o uso de antidepressivos e psicoterapia. Algum tipo de atividade física regular e exercícios que promovam o relaxamento também são recomendações bastante efetivas para ajudar a controlar os sintomas.

Psicoterapia

Tanto um médico psiquiatra quanto um psicólogo são os profissionais de saúde indicados para constatar e diagnosticar o problema, e orientar a melhor opção de tratamento, obviamente, conforme cada caso.

A boa notícia é que a rede de saúde pública, amparada pelo SUS (Sistema Único de Saúde), e pela RAPS (Rede de Atenção Psicossocial) está apta a oferecer todo o tratamento, de forma integral e gratuita, desde o diagnóstico até o tratamento medicamentoso.

Atividades físicas e relaxantes com regularidade

De fato, diante do esgotamento profissional dos funcionários, é preciso que haja mudanças sérias nas condições de trabalho. Além disso, a pessoa diagnosticada com Síndrome de Burnout também precisa mudar seus hábitos e seu estilo de vida, principalmente.

Assim sendo, tanto uma atividade física quanto os exercícios de relaxamento devem passar a fazer parte da rotina desses indivíduos, seja com o objetivo de aliviar o estresse ou de controlar os sintomas da doença.

Redução da carga horária de trabalho

Frente a uma situação de esgotamento profissional, as duas partes (empresa e colaborador) devem avaliar também a possibilidade de fechar um acordo com uma nova dinâmica para a execução das atividades diárias e com novos objetivos profissionais. Por exemplo, a redução da carga horária é uma boa pedida.

Isso porque o número de tarefas a completar em pouco tempo de trabalho ou de horas trabalhadas é um fator de muito estresse. Essas situações servem para trabalhadores com jornadas longas, que têm pouco tempo de folga ou os que sofrem muita pressão para entregar um volume grande de resultados em pouco tempo.

Como evitar o esgotamento profissional dos funcionários da empresa?

Se você notar que algum colaborador do seu time está mais estressado do que o habitual, repare também se está havendo um exagero no uso de estimulantes como cigarro, café, chás e refrigerantes para permanecer mais em alerta.

Outra válvula de escape extremamente prejudicial é o aumento do consumo de álcool. Quem convive com alguém que recorre a esse tipo de vício muitas vezes consegue perceber a mudança no consumo e de comportamento.

O ideal é evitar que a situação chegue neste ponto e, para tanto, apresentamos as principais ações que um gestor pode tomar na empresa. Acompanhe!

Delegue tarefas possíveis de serem feitas

Não adianta querer cumprir todas as metas impostas pela empresa em um espaço de tempo incompatível com a real capacidade de entrega da equipe.

Durante o planejamento estratégico isso deve ser muito bem observado, no intuito de alinhar com a gestão a contratação de mais funcionários ou a redefinição das metas, de acordo com o perfil profissional do time.

Estimule o bom relacionamento entre todos os colaboradores

É preciso ter em mente que um ambiente amigável e o apoio dos colegas são fatores que contribuem para o bem-estar. Nesse sentido, promova tempo para as pessoas poderem tomar um café, deixe claro que na sua equipe uns podem contar com outros, e estimule-os a dividir o dia a dia com os demais.

Quando os funcionários percebem a possibilidade de compartilhar seus problemas e de estabelecer relações de confiança para buscar opiniões ou soluções, isso torna a experiência no ambiente de trabalho mais satisfatória.

Reforce valores pessoais e profissionais

Outro meio de evitar o esgotamento profissional dos colaboradores da sua empresa é compreender que os valores pessoais do indivíduo devem estar em sintonia com a função que ele exerce. Isso porque, caso o funcionário tenha que ir contra seus princípios éticos e suas crenças para cumprir suas tarefas, ocorre um desgaste emocional muito grande.

Por fim, de nada adianta uma empresa buscar por bons resultados a qualquer custo. Afinal, a boa saúde física e emocional dos colaboradores é essencial para que a atividade profissional e demais áreas da vida possam ser cumpridas com sucesso. 

Caso tenha alguém passando por tratamento para Burnout em seu negócio, é momento de rever todos os hábitos, além da forma de conduzir o trabalho, o relacionamento e a vida das pessoas. Desenvolva ações preventivas a fim de evitar o esgotamento profissional e para o sucesso da empresa.

Se este artigo foi interessante para você obter ainda mais conhecimento, entenda também, agora mesmo, sobre a otimização de processos: quais os benefícios para a sua consultoria de RH!


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment