Como agir na hora de comunicar uma demissão?

Por trás de uma demissão podem existir diversos motivos e justificativas que motivem a dispensa de um funcionário, mas, mesmo assim, esse é um dos processos mais difíceis na gestão de uma empresa.

Isso porque, se de um lado há uma decisão amadurecida levando em conta as necessidades da empresa, do outro há uma pessoa que, na grande maioria das vezes, não espera pela demissão, e o comunicado de uma dispensa abala a sua vida profissional e pessoal.

Levando em conta as implicações que uma demissão representa, é preciso tomar alguns cuidados na hora de comunicá-la ao funcionário para que ela flua da melhor forma possível, tanto para o profissional quanto para a empresa.

O comunicado deve ser feito pelo gestor

É de extrema importância que uma demissão seja comunicada pelo gestor do funcionário, pois ele detém o poder de justificar a decisão baseado nas questões de trabalho, e até mesmo das premissas da empresa. Porém, além dele é importante que o profissional que está sendo demitido tenha respaldo para sanar dúvidas a respeito das questões burocráticas, e por isso um funcionário de recursos humanos deve também estar presente durante a reunião.

Seja claro e atenha-se à decisão

Apesar de ser um momento de fragilidade e, muitas vezes, difícil para ambos os lados, que podem ter uma relação fora do ambiente de trabalho, durante uma reunião para comunicar uma demissão é preciso se ater à decisão que foi tomada e ir direto ao ponto.  O funcionário precisa entender o motivo de ter sido chamado já nos primeiros momentos de reunião, para que não haja desconforto ou dúvidas sobre a real intenção do encontro.

Manter uma postura direta e segura durante o comunicado é essencial para não incentivar no funcionário um comportamento de questionamento sobre a decisão. Lembre-se: a demissão não é uma conversa, mas, sim, um aviso.

Explique os motivos de forma breve

Normalmente, a demissão carrega mais de uma razão por trás para ser motivada, e os questionamentos podem surgir por parte do funcionário. Ofereça a ele pontuações breves e que o confortem, já que o momento é crítico, e os ânimos podem estar alterados. Se a atitude demonstrada for positiva ao receber o comunicado e ele pedir um feedback para que possa melhorar em oportunidades futuras, destaque os seus pontos fortes e aqueles que, se desenvolvidos, vão fortalecê-lo como profissional.

Comunique a demissão também por escrito

Em um momento de demissão, é comum que o funcionário, ao receber a decisão do seu gestor, fique confuso e não se atenha ao restante da reunião. Portanto, para certificar-se de que ele absorva tudo o que foi dito, bem como as orientações que foram dadas pelo profissional de recursos humanos, é essencial documentar tudo o que foi dito.

Esses cuidados são essenciais para que o processo de demissão flua da melhor forma possível, tanto para o funcionário, que terá que encarar uma nova fase na vida profissional, e reflexos na vida pessoal, quanto para a empresa, que precisa conservar a sua imagem.

E você, como lida com os processos de demissão na sua empresa? Ficou com alguma dúvida sobre as posturas que devem ser seguidas? Escreva pra gente pelos comentários.


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment