Como a tecnologia auxilia os processos de seleção?

A contratação de profissionais diferenciados e que se enquadram à cultura da empresa nem sempre é uma tarefa fácil para os recrutadores e gerentes de RH. Os processos de seleção de sucesso são, geralmente, antecedidos por um bom recrutamento, que inclui a estruturação e divulgação do cargo, captação de talentos e escolha dos instrumentos e métodos de seleção adequados.

Para otimizar esses processos, a tecnologia é sempre uma grande aliada, uma vez que oferece um grau de assertividade maior nos resultados e ainda auxilia os profissionais de Recursos Humanos em importantes etapas, como a de testes comportamentais e psicológicos que mapeiam as habilidades dos candidatos.

Pensando nisso, separamos para você algumas das principais situações em que a tecnologia pode atender às necessidades de cada etapa dos processos de seleção. Confira:

1. Aplicação de testes de perfil comportamental

O teste de perfil comportamental pode ser integrado à ferramentas tecnológicas, sendo manuseado por meio de softwares que geram relatórios muito precisos e completos.  Esses softwares são desenvolvidos por meio de vários estudos de psicologia, de forma que os resultados obtidos sejam sempre os mais verossímeis.

Por meio do mapeamento de perfil comportamental, é possível avaliar detalhadamente diversas características dos candidatos, como maturidade, poder de negociação e persuasão, capacidade de automotivação e de construir relacionamentos, segurança, empatia, criatividade, preferências, limitações, potencial de liderança e modelo mental. Essas informações podem ser comparadas ao perfil ideal para o cargo, criando, desta forma, métricas de análise e aderência. Assim, torna-se mais fácil garantir uma seleção alinhada aos objetivos, demandas e cultura da organização, permitindo a formação de equipes de alto desempenho.

2. Divulgação de vagas

Hoje, não é mais necessário anunciar vagas em aberto em classificados ou colocar uma placa de “precisa-se” na porta da empresa. Com os portais de recrutamento, softwares especializados e até mesmo as redes sociais, a captação de talentos tornou-se um processo muito mais ágil. Veja como:

Softwares

Com a ajuda de softwares de recrutamento, o candidato faz o cadastro e um programa de computador identifica a vaga que melhor se encaixa em seu perfil.  Dessa forma, o uso de softwares específicos para recrutamento e seleção torna possível, por exemplo, uma gestão unificada da base de candidatos e o histórico de todos os processos que a pessoa já participou na empresa.

Redes sociais

Com o advento das redes sociais, é bastante comum anunciar vagas pelo Facebook e pelo Linkedin, por exemplo. Para facilitar ainda mais, existem softwares que integram estas duas ferramentas, facilitando a veiculação das vagas para públicos com o perfil desejado.

Algumas empresas também já utilizam anúncios no YouTube em seus processos de seleção. Na ferramenta, é possível compartilhar os anúncios das vagas por vídeo, o que contribui para uma melhor apresentação da organização, sua cultura e liderança.

3. Otimização da captação de talentos

Algo que também mudou com a chegada da tecnologia foi o banco de dados de uma empresa: com a simples adoção de softwares de recrutamento, o profissional de RH deixou de manusear uma montanha de papéis, conseguindo triar automaticamente os perfis e visualizando somente aqueles que apresentam as características ideais para a vaga em questão.

4. Diminuição das distâncias

Com a tecnologia, os candidatos que moram em outro estado — ou até mesmo em outro país — também podem ter acesso as vagas que melhor se encaixam em seus perfis profissionais e participar de processos seletivos à distância. Isso é possível por meio da videoconferência, que auxilia na realização de entrevistas e avaliações online.

No entanto, para o sucesso da seleção por videoconferência, tanto o candidato, quanto o recrutador devem ter os equipamentos corretos e um local adequado para a realização da entrevista.

5. Marcação de entrevistas

Atualmente, os primeiros contatos com o candidato podem ser realizados inteiramente online, com a ajuda de algumas plataformas que permitem, inclusive, que as pessoas interessadas na vaga respondam a um questionário antes de serem convocadas para entrevistas – o que torna a seleção inicial dos candidatos ainda mais rápida.

Esse contato também pode ser feito via celular, por meio do envio de mensagens de texto para os candidatos. Ou seja, tudo é feito de maneira rápida e com custos reduzidos.

6. Organização do processo de seleção

Com a instalação de um software adequado para as necessidades de cada empresa e com a ajuda da criação de painéis de controle personalizados, todo o processo de seleção torna-se muito mais eficiente e organizado. Isso porque, desta forma, você possui um maior controle sobre as candidaturas e tem uma visão em tempo real do andamento de cada uma.

Como você pode perceber, a tecnologia tornou-se uma grande aliada durante os processos de seleção de uma empresa. Não somente, ela também pode ser útil na otimização de outros processos e projetos do setor de Recursos Humanos.

Mas, quais os principais benefícios da tecnologia para o setor de RH?

Do recrutamento à avaliação dos candidatos, os profissionais de Recursos Humanos precisam equilibrar objetivos organizacionais e humanização para conseguirem implantar estratégias que gerem soluções e benefícios para as empresas.

Assim, a tecnologia vem para agregar mais agilidade e eficiência aos processos e auxiliar a gestão de pessoas de muitas maneiras. O que há tempos demandava muita mão de obra e métodos antigos e repetitivos, hoje pode ser realizado com um clique e com resultados à prova de erros humanos. De fato, a tecnologia trouxe mais eficiência aos processos do setor, e o tempo que era empregado para executar muitas atividades, atualmente pode ser investido em tarefas que realmente tragam resultados efetivos para as empresas – como planejamentos e tomadas de decisão.

Partindo desse ponto de vista, a tecnologia não veio para substituir a mão-de-obra nos setores de Recursos Humanos, mas sim para ajudar os profissionais a desenvolverem um trabalho cada vez mais complexo em menos tempo e maximizando recursos. Tudo isso significa menos tempo cuidando da parte burocrática de cada etapa, e mais tempo dedicando-se às tomadas de decisão fundamentais para o crescimento sustentável das empresas.

Assim, todas as soluções tecnológicas para auxiliar nos processos de seleção podem e devem ser utilizadas em conjunto, já que todas possuem benefícios importantes de otimização de tempo, além de precisão nos processos – o que vai melhorar ainda mais o seu fluxo de trabalho.

Gostou do post de hoje? Para receber em seu e-mail novidades relevantes e conteúdos como esse, não deixe de assinar agora mesmo a nossa newsletter!


About

Leave Comment