ATS? Software de recrutamento e seleção? O que tem de novidade nisso?

O setor de recrutamento e seleção sempre foi uma área de destaque no departamento de recursos humanos (RH). Afinal, ele é o responsável pela escolha de profissionais capacitados e aptos para o perfil da organização.

Com o avanço da tecnologia, esse processo tem sido mais eficiente por meio do sistema de rastreamento de candidatos (Applicant Tracking System – ATS). E o que é um ATS? É, de forma simplificada, um software de recrutamento e seleção.

Com a automação desse processo, a divulgação, a atração e a triagem das informações são mais rápidas do que em métodos tradicionais. Isso garante que a equipe tenha mais tempo para atuar em etapas mais importantes, como a avaliação do candidato.

Confira, a seguir, como essa ferramenta pode ajudá-lo na captação dos ativos mais valiosos para a empresa: os colaboradores. Antes, porém, saiba quais são as principais tendências em recrutamento e seleção para manter-se atualizado. Boa leitura!

Tendências de recrutamento

Segundo o Global Recruiting Trends 2018 do LinkedIn Talent Solutions, vivemos uma nova era de recrutamento. Trata-se de um momento que se concentra na descoberta de talentos em potencial com base em quatro tendências. São elas:

  • diversidade: para 78% dos entrevistados, equipes diversas são mais produtivas, inovadoras e engajadas. É essencial, então, investir na diversidade para melhorar a cultura da empresa, o desempenho das tarefas e o atendimento aos clientes;
  • novas ferramentas de entrevista: as entrevistas tradicionais não são capazes de avaliar as habilidades dos candidatos, como apontam 56% dos participantes do estudo. Vale, portanto, implementar avaliações virtuais de habilidades ou entrevistas em vídeo;
  • dados: informações diversas podem alimentar as máquinas para que elas tomem decisões de recrutamento mais inteligentes, com o uso de inteligência artificial (IA). Segundo 50% dos profissionais, essa estratégia afeta a forma de contratação;
  • IA: softwares do tipo ATS permitem automatizar as pesquisas de candidatos e encontrar rapidamente aqueles que atendem aos requisitos exigidos pelo cargo. Para 35% dos gerentes, essa é uma tendência importante no processo de recrutamento e seleção.

As novidades no uso do ATS

Acompanhe, a seguir, quais são as novidades no uso do ATS e como a empresa pode se beneficiar com elas.

Novas fontes de candidatos

No período de 2011 a 2013, houve um aumento de 9% na contratação de profissionais com base em softwares de recrutamento seleção. Mesmo sendo uma fonte importante, poucos desses sistemas estão adaptados às novas realidades da área, como o recrutamento social e colaborativo.

Essa integração é um fator importante, pois a mesma pesquisa mostrou que as redes sociais são, atualmente, a principal fonte na contratação de novos talentos. Para os recrutadores, essas plataformas são hoje a tendência mais importante e duradoura no processo de escolha do candidato ideal.

Várias empresas ainda subestimam o recrutamento de talentos e tratam o processo como se bastasse anunciar os cargos em aberto em sites especializados, receber CVs por e-mail e, no máximo, fazer um acompanhamento básico por meio de planilhas eletrônicas.

Isso resulta em um gasto desnecessário de tempo por todos os envolvidos na contratação. Além disso, o uso de sites de recrutamento caiu 5% desde 2011, o que mostra que essa abordagem já não é tão eficaz para buscar novos colaboradores.

É importante, então, usar as redes sociais, como o LinkedIn, para atrair os candidatos certos. Com o LinkedIn Recruiter, por exemplo, é possível enviá-los diretamente para o ATS da companhia.

Produtividade acima de tudo

Atualmente, há um crescimento exponencial de empreendedores no cenário brasileiro. Cada vez mais, surgem novas companhias e startups. Os números mostram que mais de 10 mil empresas com esse perfil movimentaram cerca de R$ 2 bilhões em 2012.

Geralmente, nas fases iniciais — de criação e expansão — de um empreendimento, o recrutamento é feito diretamente pelos sócios. Apesar disso, nem todos têm o conhecimento de ferramentas profissionais que podem auxiliar na atração de talentos.

Pode ser, ainda, que não tenham os recursos financeiros necessários nem tempo para investir em empresas de consultoria para auxiliar nesse processo. A alternativa nesses casos é o uso de ATSs, que são simples e fáceis de usar.

Com a adoção desse tipo de sistema, a atração de candidatos é mais inteligente. Afinal, com o processo totalmente on-line, não é necessário investir em hardware e softwares específicos — sem contar que até a divulgação é mais eficiente.

Além de trazer praticidade, a busca por candidatos fica mais simples com a divulgação simultânea dos requisitos desejados e ganha-se tempo com o uso de vídeos e autocadastro. Isso tudo torna a gestão de recrutamento mais produtiva e eficiente com custos menores.

Mais controle no processo seletivo

Com o uso do ATS, a seleção pode ser feita com base em filtros predefinidos. Isso permite reunir todas as informações específicas dos candidatos de maneira rápida e reduz o tempo gasto nessa tarefa.

Além do mais, o recrutador sabe qual a média necessária de CVs para começar o processo de seleção, bem como quais são os canais mais úteis na atração de profissionais. Com isso, é possível mapear novas estratégias.

O ATS colabora significativamente na gestão, pois oferece relatórios e estatísticas que garantem maior controle. Assim, podem-se fazer ações preventivas, como a necessidade de aumentar o pessoal, e obter melhores resultados em relação à capacidade produtiva.

Os sistemas automatizados de recrutamento e seleção melhoram a comunicação entre os gestores, já que padronizam os processos e reúnem as informações em um mesmo lugar. Dessa forma, a troca de informações é mais eficiente.

Com isso, a empresa não corre o risco de entrevistar a mesma pessoa mais de uma vez nem perde a chance de contratar profissionais talentosos. Todos esses fatores permitem aumentar o controle sobre o processo seletivo.

Melhora a comunicação com os candidatos

Para as empresas que fazem vários processos de recrutamento e seleção ou que geralmente contratam muitas pessoas ao mesmo tempo, a comunicação com os candidatos pode ser afetada se não houver uma gestão adequada.

Como controlar melhor em qual etapa está cada candidato? Como garantir que todos os participantes recebam feedback? Um software específico como o ATS mostra o andamento de cada processo de forma automática.

Para ajudar, ele envia e-mails para marcar entrevistas, o que agiliza o processo e garante que ninguém fique de fora. Assim, o recrutador não precisa gastar tempo para anotar na agenda que deve entrar em contato com os candidatos nem ligar para eles.

Além de enviar notificações sobre novos testes e entrevistas, o ATS permite que o candidato acompanhe informações sobre o cargo. Com isso, o profissional sabe qual o período do processo seletivo, as qualificações necessárias e a descrição do cargo.

Outra possibilidade é oferecer ao candidato um feedback após o encerramento da seleção. Dessa forma, ele tem a chance de saber quais foram os motivos pelos quais não foi selecionado, o que é essencial para que ele entenda o que precisa melhorar.

Marca do empregador

Antigamente, apenas o candidato tinha de convencer a empresa de que tinha as qualificações necessárias para o cargo e estava apto a fazer parte da equipe. Hoje, as companhias competem pelos melhores profissionais e um dos primeiros contatos que eles têm com elas é por meio da maneira como divulgam sua imagem.

Apresentar a companhia, sua cultura e mostrar que se trata de um empreendimento que valoriza os trabalhadores é essencial. E isso começa na forma como o recrutamento e a seleção são feitos — inclusive no modo como a organização cuida da experiência dos candidatos envolvidos no processo.

Cuidar da marca do empregador é muito importante para manter os profissionais interessados na organização. A pesquisa Global Recruiting Trends 2018 mostra que 84% das empresas acreditam que a marca do empregador tem impacto significativo na capacidade de contratar novos talentos.

Esse levantamento aponta, ainda, que uma marca sólida reduz em até 50% o custo com contratação e diminui o índice de rotatividade em 28%. Além disso, sugere como estratégia o uso de vídeos, banners e funcionários em destaque no processo seletivo.

Colaboração como estratégia

O ATS, então, deixou de ser algo apenas para organizar cargos em aberto, candidatos e CVs. Hoje, é preciso contratar mais rápido e melhor. E mais: não são mais apenas o recrutador e o gerente da área requerente que participam do processo.

Em um mundo colaborativo, os processos de recrutamento e seleção podem incluir a participação de funcionários na atração de candidatos. Por isso, é importante convidar os colaboradores a se envolverem nessa experiência.

E, ao anunciar os cargos, por que não usar as redes sociais? Aproveite os colaboradores, incentive-os a compartilharem os cargos em aberto em seus perfis e a fazerem recomendações.

Depois, podem-se dividir as informações dos candidatos automaticamente com todos os envolvidos no processo e permitir que eles emitam opiniões e atribuam notas. Essa tática reduz a resistência à entrada de um novo integrante na equipe.

Como resultado, o alcance que essa divulgação pode ter talvez seja muito maior do que o simples anúncio em um site de recrutamento. Afinal, pelas redes sociais, o cargo pode alcançar aquele talento especial que talvez nem esteja pensando em mudar de empresa.

O LinkedIn é um canal interessante para buscar talentos. Para melhorar a experiência do interessado, insira um botão de candidatura: isso evita que os profissionais tenham de preencher um longo formulário para se candidatar.

Ao visualizar o cargo, caso se interesse, com alguns cliques o trabalhador pode enviar todos os seus dados do LinkedIn para o ATS da empresa. E sabe o que é melhor? As informações são mais fidedignas do que em um CV tradicional.

Isso porque os perfis do LinkedIn não são vistos apenas por empregadores, mas também por quem conhece ou já trabalhou com o profissional. Isso torna improvável que ele inclua informações inverídicas na página — o que a torna uma fonte mais confiável.

É essencial planejar cuidadosamente cada etapa dos processos de recrutamento e seleção de futuros colaboradores. Afinal, é aí que se inicia a base para a construção de uma equipe competente. E lembre-se de deixar todas as etapas bem definidas para os candidatos.

A tecnologia facilita a tarefa de selecionar o profissional ideal para o perfil da empresa. Com ela, podem-se, por exemplo, utilizar vídeos para reduzir entrevistas desnecessárias e ser capaz de analisar o comportamento do interessado.

Além disso, essa opção facilita que candidatos que estão distantes da empresa participem dos processos seletivos. Sem contar que os vídeos gravados podem ser compartilhados para avaliação entre os envolvidos na contratação.

O ATS, então, é como uma ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente (Customer Relationship Management – CRM). A diferença é que, em vez de ser usada com consumidores, serve para cuidar do relacionamento com os candidatos que são os futuros talentos da empresa.

Com a automação do processo seletivo, ganha-se tempo na etapa de triagem dos CVs. E o melhor de tudo é que o ATS pode ser integrado a outros sistemas internos para facilitar ainda mais a gestão do setor de RH.

Para definir qual o ATS ideal para sua empresa, pense nas funcionalidades de que precisa, faça uma pesquisa das opções disponíveis e, antes de comprar, teste-o para ter certeza de que está fazendo a escolha certa.

Não perca mais tempo com processos longos e defasados que tomam parte do seu tempo e impedem que você tenha condições de se concentrar em estratégias mais relevantes para o empreendimento. Entre em contato com nossa equipe para sanar  suas dúvidas e saber como podemos ajudá-lo a otimizar suas tarefas.

e-book: Os 4 pilares do Recrutamento Social


About

Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível.

Leave Comment