A seleção por competências ainda vale a pena?

As empresas mudaram muito nas últimas décadas e não só elas como seus potenciais funcionários também. A Seleção por competência é uma das formas de recrutamento mais usada pelo RH, na hora de escolher um profissional mais qualificado e bem colocado entre muitos outros candidatos.

Mas com as mudanças nas empresas, que precisaram se modernizar e ter hoje muito mais tecnologia e segurança, a seleção por competências se aperfeiçoou, tendo agora outras ferramentas para avaliação que deixaram a forma de analisar um candidato muito mais precisa. Mas como utilizar a Seleção por Competências nos dias atuais?

O que é a seleção por competência?

A Seleção por Competências é o desenvolvimento de um perfil das competências que são esperadas para um determinado cargo em uma empresa. Com base nesse perfil, o selecionador escolhe os candidatos que mais se identificam com o perfil proposto, ou seja, que possuam o comportamento mais próximo e exigido pela empresa.

A Seleção por Competências é um dos tipos de seleção mais antigos e também dos mais eficientes, já que consegue definir os melhores candidatos, evitando erros que geralmente podem acontecer nas outras formas de seleção. Nas empresas, as competências mais valorizadas hoje são:

  • Influência;
  • Autoconfiança;
  • Liderança;
  • Perseverança;
  • Desenvolvimento de pessoas;
  • Habilidade para gerenciamento de mudanças.

O que mudou na seleção por competências?

A seleção por competências permanece tendo grande importância em todo processo de recrutamento e seleção, porém hoje, existem muitas ferramentas que são usadas com esse sistema de seleção, que torna o trabalho do recrutador muito mais eficiente e rápido, dando a ele uma visão melhor dos candidatos mais preparados para determinada vaga.

Essas mudanças foram necessárias e importantes para o processo de recrutamento por Seleção por Competências, pois havia muitas restrições quanto às qualificações e práticas do candidato, não havendo um foco especial em sua personalidade, podendo causar um aumento no Turnover, já que muitos candidatos não possuíam o perfil exato em relação à empresa, mas apenas comportamental.

A seleção comportamental também é importante

Além das competências, é preciso ser levando em conta o comportamento do candidato, principalmente no que diz ao seu perfil pessoal em relação ao perfil que a vaga define. A questão comportamental é importante, pois é ela que mostrará ao recrutador se o candidato está preparado para as situações que a vaga exige ou se passou por situações parecidas em outras empresas além da vida pessoal.

A seleção comportamental leva em conta a bagagem profissional do candidato, o quanto ele pode oferecer de benefícios à empresa ou está apto a aprender. Quando bem feita, a seleção comportamental pode mostrar em quais competências o candidato possui mais experiência e quais precisam ser trabalhadas.

Cultura da empresa

Na seleção por competências, a cultura da empresa é fundamental para definir se este candidato vai desempenhar todo seu trabalho com esmero.

Ou seja, ainda que todas as competências do candidato estejam concernentes ao perfil da vaga e na seleção comportamental, se o perfil da empresa não combinar com o estilo do candidato ou o recrutador perceber que a empresa não será apta a atender o que o candidato busca, provavelmente o melhor é descarta-lo.

Quais os pontos positivos e benefícios da seleção por competências?

A Seleção por Competências trás algumas vantagens para a empresa, que ainda são muito eficientes em empresas tradicionais:

  • Ter a informação completa sobre a vaga;
  • Melhor identificação dos indicadores do perfil de competências;
  • Parceria mais estreita entre a empresa requisitante da vaga e o recrutador;
  • Melhor forma de extrair os dados de comportamento através dos indicadores de perfil.

A Seleção por Competências pode ter sido substituída por outras formas de seleção com um foco mais psicológico, porém ela ainda é eficiente e trás bons resultados e esclarecimento, como por exemplo, oferece mais segurança no processo de seleção, já que só foram escolhidos os candidatos que melhor se alinham às competências exigidas pela empresa.

Outro benefício é que candidatos que tenham a intenção de mentir têm menos chances de passarem, pois a seleção por competência geralmente avalia na prática, se o profissional realmente sabe trabalhar com aquilo que seu currículo determina.

Candidatos que passam por Seleção por Competências têm menos chances de saírem da empresa por conta de serem inaptos, além de não ter a necessidade tão latente de outros candidatos, a treinamento e especialização.

A Seleção por Competências deve andar junta com a avaliação de personalidade, para assim garantir que a empresa está contratando um profissional muito mais completo e dando credibilidade ao trabalho do RH.

Gostou do nosso artigo? Não deixe de curtir, comentar e compartilhar nossas novidades para o mercado do RH! 


About

Plataforma tecnológica perfeita para seu RH: Compleo ATS: Software de Recrutamento e Seleção que ajuda você a gerenciar as etapas do seu processo seletivo, desde a abertura da vaga, divulgação, triagem, testes, entrevistas e organização de todas as etapas para que você possa contratar o melhor candidato no menor tempo possível. Compleo Vídeo: Software de entrevistas via vídeo que ficam gravadas para serem assistidas a qualquer momento por você, sua equipe ou seus clientes. Ajuda você a não gastar tempo com entrevistas presenciais desnecessárias e também o seu candidato a não ter que se deslocar fisicamente.

Leave Comment